Lei Seca parou quase 16 mil motoristas este ano em Salvador

Ao todo, 1,1 mil se recusaram a fazer o teste

Publicado em 26 de dezembro de 2016 às 11:10

- Atualizado há 10 meses

Motorista que flagrado dirigindo sob efeito de álcool deve pagar multa de R$ 2.934,70 (Foto: Arquivo CORREIO)

As blitze de Lei Seca fizeram testes de bafômetro em 15.962 motoristas em Salvador, durante o ano de 2016, segundo números da operação 'Paz no Trânsito', do Detran-BA. Desses motoristas, 1.099 se recusaram a soprar o bafômetro, 203 foram reprovados e 49 conduzidos à delegacia.

O motorista que for flagrado dirigindo sob efeito de álcool (ou qualquer outra substância psicoativa) deve pagar multa de R$ 2.934,70, tem o veículo apreendido e o direito de dirigir suspenso por 12 meses. Se, ainda, a concentração de álcool for igual ou superior a 6 decigramas de álcool por litro de sangue ou igual ou superior a 0,3 miligrama de álcool por litro de ar alveolar, o motorista responderá por crime de trânsito, podendo pegar pena de seis meses a um ano de prisão.

Ainda de acordo com o Detran, durante as blitze em Salvador, 6.975 veículos foram notificados e 3.554 recolhidos, com 8.807 autos de infração lavrados e a prisão em flagrante de 12 pessoas. A infração mais cometida foi conduzir o carro ou a moto sem licenciamento.