Polícia atribui a rixa troca de tiros que deixou mulher morta na Fazenda Grande II

Cristiane Aparecida foi atingida por um tiro por volta das 18h, na Rua Edson Evangelista, no Parque São José

Publicado em 11 de fevereiro de 2016 às 10:53

- Atualizado há 10 meses

Uma rixa entre grupos criminosos de Cajazeiras 8 e do Parque São José é apontada como a motivação da troca de tiros que aconteceu na noite desta quarta-feira (10) e deixou morta Cristiane Aparecida Ferreira Rosa, 44 anos. A informação é da 3ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Cajazeiras).

A vítima foi atingida por um tiro por volta das 18h, na Rua Edson Evangelista, no Parque São José. Ainda não há informações se ela foi vítima de bala perdida ou se tinha envolvimento com o tráfico de drogas na região. Ela morreu no local do crime.

A Polícia Civil, entretanto, investiga se a troca de tiros realmente aconteceu. De acordo com a assessoria do órgão, apenas a filha de Cristiane confirmou a veracidade da troca de tiros, mas outras testemunhas ouvidas negaram ter conhecimento do fato. A Polícia Civil não soube informar também se Cristiane tinha passagem pela polícia. 

Em nota, a PM disse que esteve no local, mas não identificou os suspeitos. O caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Com informações do repórter Alexandro Mota.