Rui Costa garante que crise não vai interromper obras de contenção de encostas em Salvador

Segundo governador, contenção de encosta é “o tipo de obra que não pode ser parada”

Publicado em 29 de fevereiro de 2016 às 16:15

- Atualizado há 10 meses

O governador Rui Costa afirmou na manhã desta segunda-feira (29) que a crise não vai interromper as obras de contenção de encostas em Salvador. Com investimento de R$ 240 milhões do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), do Governo Federal, o primeiro grupo de obras é composto por 18 encostas em setores de risco alto e muito alto.

"Se outras obras, em outros lugares, são para melhorar a vida das pessoas, essa é para salvar pessoas. Então é o tipo de obra que não pode ser parada, não pode ser contingenciada", declarou o governador, durante a entrega de duas contenções em Pau da Lima. Localizadas na rua João Melo Santos e na travessa Renato Russo, as obras custaram R$ 1,88 milhão e beneficiaram mais de 1.150 pessoas.

As intervenções tiveram início em agosto do ano passado e foram finalizadas em dezembro. Durante este período, 14 famílias foram remanejadas para outros bairros e receberam aluguel social. Para a dona de casa Alessandra Santos, 25 anos, a medida foi essencial para que sua família ficasse em segurança.

"Morar aqui é um risco grande, porque o barranco é muito alto. A parede da minha cunhada, que mora aqui do lado, desabou com uma chuva que teve pouco antes de terminar a obra. Tiveram que refazer tudo", conta. A casa onde Alessandra mora com o marido fica no meio da encosta na rua João Melo Santos. O local recebeu, entre outras intervenções, dispositivos que drenam a água da chuva e impedem novos deslizamentos.

Outras 22 famílias precisaram ser remanejadas definitivamente, podendo escolher entre receber indenização ou ir morar em uma das residências do Minha Casa Minha Vida. De acordo com o governador, a região ainda vai receber a obra de outras duas encostas.Famílias precisaram ser remanejadas durante a realização das obras(Foto:Lara Bastos/CORREIO)