SAÚDE

China confirma morte por infecção combinada de cepa de gripe aviária com subtipo de influenza

A mulher estava internada desde 7 de dezembro

  • Foto do(a) author(a) Estadão
  • Estadão

Publicado em 31 de janeiro de 2024 às 13:28

Gripe aviária
Gripe aviária Crédito: Agência Brasil

A China informou que uma paciente de 63 anos na província de Zhejiang morreu pela infecção combinada de uma cepa do vírus da gripe aviária, H10N5, com o subtipo do vírus da influenza, H3N2. O óbito ocorreu em 16 de dezembro, mas o Centro Chinês de Controle e Prevenção de Doenças reexaminou e confirmou o resultado das amostras na última semana.

A mulher estava internada desde 7 de dezembro, depois de apresentar sintomas como tosse, dor de garganta e febre na semana anterior.

Em nota, o Centro afirmou que, na análise genética, os especialistas concluíram que o vírus H10N5 é de origem aviária, mas não tem capacidade eficaz de infectar humanos.

"Esta ocorrência é considerada uma transmissão entre espécies ocasional de aves para humanos. O risco de infecção humana pelo vírus é baixo e não houve evidências de transmissão entre humanos", disse.