Primeiro dia de mudança no Rio Vermelho deixa trânsito congestionado; veja opções de desvio

Os motoristas que precisam ir para o bairro de Ondina devem seguir pelas avenidas Garibaldi ou Vasco da Gama, onde o trânsito está fluindo normalmente

Publicado em 28 de outubro de 2015 às 09:39

- Atualizado há 10 meses

O primeiro dia de mudanças no trânsito do Rio Vermelho e o intenso fluxo de veículos na região provocou um grande congestionamento em várias vias de acesso ao bairro na manhã desta quarta-feira (28). Começou hoje a interrupção do fluxo de veículos a orla do bairro, no sentido Amaralina, desde a praia da Paciência. Pela manhã, porém, o pior engarrafamento foi no sentido Ondina.Foto: Yne Manuella/CORREIOEquipes da Transalvador estiveram na Rua Conselheiro Pedro Luiz organizando o trânsito para quem segue pela Rua Oswaldo Cruz, sentido Rua João Gomes. Ainda de acordo com agentes, o engarrafamento nesse trecho é comum, mas hoje está pior por conta dos motoristas que ainda não estão acostumados com a mudança. 

Ao todo, cerca de 12 agentes atuaram esta manhã no bairro do Rio Vermelho para direcionar o fluxo de veículos. Além disso, placas e letreiros foram instalados para auxiliar na orientação dos motoristas e os semáforos da região do Lucaia foram reprogramados para privilegiar motoristas vindos da Garibaldi. "Estamos dando uma prioridade de atenção ao Rio Vermelho por conta dessa mudança e aqui a gente vai permanecer em quantidade necessária durante todo o período desta intervenção", afirmou Marcelo Correa, diretor de trânsito da Transalvador.Com expectativa de durar até 90 dias, as intervenções acontecem por conta de obras de requalificação no bairro e começaram às 5h de hoje. Desta vez serão enterradas as fiações elétrica e de comunicação que passam pela via. O taxista Luis Sales, 58 anos, disse que levou 30 minutos do Bompreço até a casa noturna Pink Elephant. "Isso atrapalha demais, mas eu sei que é por conta das mudanças e, para melhorar, tem de acontecer isso mesmo", apontou o motorista.  Já a costureira Augusta Santana, de 73 anos, contou que não foi pega de surpresa e já saiu cedo por precaução. "Eu já estava preparada para o engarrafamento por conta das obras. Eu sei que a partir de hoje o ônibus também vai demorar mais para passar por causa dessas mudanças".A Transalvador orienta que os motoristas que precisam ir para o bairro de Ondina optem seguir pelo acesso à avenida Garibaldi pela Rua Eurycles de Mattos, seguindo até a Rua Conselheiro Pedro Luiz. Ou pela Vasco da Gama, onde o trânsito está fluindo normalmente. Para quem trafega pela orla no sentido oposto, ou seja, de Amaralina para Ondina, o trecho não está bloqueado.

Segundo o superintendente da Transalvador, Fabrizzio Muller, a expectativa é que a situação seja normalizada nos próximos dias. "O pico de congestionamento foi hoje de manhã. Como foi o primeiro dia, as pessoas ainda estão se acostumando com as modificações. Ao longo dos próximos dias, acredito que o trânsito ficará mais tranquilo", disse Fabrizzio.Com informações da repórter Yne Manuella.