RELATO

'Gerei meu filho com sêmen importado. E foi a melhor decisão'

Leia relato de mulher que, há cinco anos, importou sêmen da Espanha para engravidar do primeiro filho

  • Foto do(a) author(a) Fernanda Santana
  • Fernanda Santana

Publicado em 11 de maio de 2024 às 11:00

auto-upload
auto-upload Crédito: auto-upload

Quando completou 36 anos, a veterinária Bruna Barros não quis mais esperar. Buscou uma clínica especializada em reprodução humana, em São Paulo, e se inteirou das opções disponíveis. Entre elas, decidiu pela importação de sêmen da Espanha. "Foi a melhor decisão da minha vida", diz ela, cinco anos depois.

O adiamento da maternidade e a diversidade no formato de famílias — com mulheres solteiras e casais LGBT+ autorizados a passar por reprodução assistida — são tem impulsionado a importação de células reprodutivas humanas. O Brasil não possui um banco de gametas: as doações em clínicas devem ser apenas espontâneas e estão aquém da demanda.

Como a Anvisa autoriza a importação desde 2008, ela veio a calhar para famílias e mulheres que têm pressa — e dinheiro. Se a espera por gametas brasileiros demora até mais de um ano, a importação reduz esse aguardo para 30 ou 45 dias, mas também pode triplicar o preço do tratamento reprodutivo.

Leia o relato de Bruna na íntegra e saiba como funciona o processo: 

Decidi importar sêmen porque eu poderia escolher as características e também ver algumas fotos do doador criança. Assim, eu poderia imaginar como ficaria a “mistura” do meu óvulo com o sêmen do doador.

Minha opção pelo sêmen importado foi por poder ter mais informações, nunca pensei no banco nacional.

Não houve estranhamento da família, a opção foi minha e a decisão da produção independente foi muito bem trabalhada. Eu fui me preparando psicologicamente. Foi a melhor decisão da minha vida.

Sou da área de saúde e sempre fui muito atrás de informação e escolhi um bom médico que me ajudou muito. O Dr. Cristiano Busso, referência em reprodução humana. Ele tem uma vasta experiência e esclareceu todas as minhas dúvidas.

Assim que o sêmen congelado chegou ao Brasil, ele me enviou. Meus óvulos já estavam congelados e pensamos o melhor momento para inseminação dos embriões.

Deu tudo certo. Valentim foi a melhor decisão da minha vida.