RECUPERAÇÃO

Jovem atacada com ácido sai da intubação, mas continua sem previsão de alta

Ela está internada na ala de queimados do Hospital Universitário de Londrina desde a última quarta-feira, 22, quando foi atacada na rua e teve o rosto atingido por ácido

  • Foto do(a) author(a) Estadão
  • Estadão

Publicado em 27 de maio de 2024 às 21:44

A jovem Isabelly Ferreira, de 23 anos, teve melhora no estado geral e já respira sem a ajuda de aparelhos. De acordo com o último boletim médico, ela está consciente, mas ainda sem previsão de alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Ela está internada na ala de queimados do Hospital Universitário da Universidade Estadual de Londrina (UEL), no Paraná, desde a última quarta-feira, 22, quando foi atacada na rua e teve o rosto atingido por ácido.

Uma suspeita confessou o crime e foi presa na sexta-feira, 24, próximo ao local do ataque, em Jacarezinho. Na delegacia, disse que foi motivada por ciúmes do ex-companheiro.