SERIADO

Atriz de 'Bebê Rena' explica por que não assiste entrevistas de stalker que inspirou personagem

Na entrevista, que já acumula mais de 12 milhões de visualizações no YouTube, Fiona nega ter qualquer condenação criminal e ameaçou processar a Netflix

  • Foto do(a) author(a) Estadão
  • Estadão

Publicado em 21 de maio de 2024 às 14:32

Richard Gadd e Jessica Gunning vivem um jogo de gato e rato na trama verídica de Bebê Rena
Richard Gadd e Jessica Gunning vivem um jogo de gato e rato na trama verídica de Bebê Rena Crédito: divulgação

Jessica Gunning, atriz que vive a stalker de Bebê Rena, sucesso da Netflix, diz que não assiste entrevistas concedidas pela suposta mulher que inspirou a personagem Martha. Com a repercussão da série, Fiona Harvey foi à TV britânica para defender uma outra versão da história, em programa que foi ao ar no dia 9. Ao Radio Times, Jessica explicou que não vai assistir a entrevistas do tipo em respeito a Richard Gadd, ator e roteirista que criou a trama a partir de uma experiência da vida real.

"Eu e Richard temos uma conexão e estou muito preocupada com qualquer coisa que possa chateá-lo. Ele é um sobrevivente de agressão sexual e foi perseguido, e acho que qualquer busca pelas pessoas reais [da história] prejudicam isso um pouco", disse a atriz inglesa.

Ela ressaltou que Gadd já havia dito que não queria que detetives da internet tentassem descobrir os rostos que inspiraram seus personagens. "Ele deliberadamente mudou as identidades por um motivo. Mas é claro que, nos dias de hoje, é inevitável, especialmente com uma série tão grande, que as pessoas fiquem intrigadas", acrescentou Jessica.

A atriz ainda disse que Gadd foi corajoso em mostrar tudo na série, inclusive os erros cometidos por ele ao viver a situação. "Sou sempre ferozmente protetora com ele e quero ter certeza de que nada disso o perturbe, de verdade, então tento ficar longe dessas coisas", concluiu a intérprete de Martha. Na entrevista, falou também da experiência de viver a personagem e admitiu que foi mental e fisicamente desgastante.

A série se tornou uma das mais vistas da Netflix, globalmente, ultrapassando 11 milhões de visualizações na plataforma de streaming. A trama trouxe à tona o debate sobre stalking, indústria do entretenimento e violência sexual.

A entrevista da suposta Martha da vida real

No dia 9 de maio, a advogada escocesa Fiona Harvey, de 58 anos, concedeu uma entrevista ao programa britânico Uncensored, apresentado por Piers Morgan. O objetivo era "esclarecer as coisas" depois que os fãs de Bebê Rena a encontraram nas redes sociais, ao comparar publicações mostradas na série com as que ela mesma fez na internet.

Na entrevista, que já acumula mais de 12 milhões de visualizações no YouTube, Fiona nega ter qualquer condenação criminal e ameaçou processar a Netflix.