EX-BBB

Médica Amanda Meirelles conta que vai ficar mais dias no Rio Grande do Sul

Ela está trabalhando no Hospital Nossa Senhora das Graças, em Canoas

  • Foto do(a) author(a) Alô Alô Bahia
  • Alô Alô Bahia

Publicado em 12 de maio de 2024 às 11:42

Médica Amanda no Sul do país
Médica Amanda no Sul do país Crédito: Reprodução / Redes sociais

A médica e ex-BBB Amanda Meirelles usou as redes sociais para contar como tem sido o trabalho voluntário no Rio Grande do Sul. Ela está trabalhando no Hospital Nossa Senhora das Graças, em Canoas.

“Hoje é minha primeira noite aqui no alojamento porque, desde que cheguei, estava trabalhando na UTI direto. Então, acabava ficando por lá no período noturno. Hoje eu vi muita gente chegando à cidade. Tem um movimento muito grande de profissionais da área de saúde. Isso é extremamente importante porque as pessoas que trabalham aqui estão sobrecarregadas, estavam no olho do furacão quando tudo aconteceu. Fico muito feliz por isso. Resolvi ficar uns dias a mais. E vamos ver, né? Seguimos”, contou.

Ela chegou à cidade na última terça-feira e ainda não tinha conseguido descansar. “Os dias estão sendo supercorridos, finalmente dei as caras por aqui. Saí às 7h da manhã da UTI, fui conhecer o Hospital Universitário. Depois, fui ao abrigo, levar algumas doações, ajudar o pessoal. O abrigo está a coisa mais linda. Eu me emociono muito de ver que a gente se juntando tem uma força que nem imagina. Como a gente tem capacidade de transformar a vida das pessoas. Colaborando no hospital e nos abrigos, a sensação que eu tenho é de que eu precisava fazer mais”, disse.

Ela contou ainda que se emocionou ao receber o abraço de uma criança em um dos abrigos que visitou. “Eu me desmontei de um jeito que vocês não têm ideia. Quem estava perto percebeu. Eu falo pra vocês: eu não vim aqui para fazer entretenimento com o que as pessoas estão passando, mas vim aqui para passar pra vocês que é inimaginável. Vocês não têm ideia. O que a gente vê na TV não consegue passar o que as pessoas realmente estão vivendo”, desabafou.