ESPORTE

Guilherme Schimidt decepciona e Brasil segue sem pódio no Mundial de Judô

O judoca brasileiro venceu apenas uma luta e não conseguiu avançar ao bloco final da disputa

  • Foto do(a) author(a) Estadão
  • Estadão

Publicado em 21 de maio de 2024 às 12:41

Uma das esperanças de medalha para o Brasil no Mundial de Judô, Guilherme Schimidt decepcionou nesta terça-feira ao ser eliminado de forma precoce na categoria até 81kg, em Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos. O judoca brasileiro venceu apenas uma luta e não conseguiu avançar ao bloco final da disputa.

Quarto colocado do ranking mundial em sua categoria, Schimidt estreou diretamente na segunda rodada, quando superou o esloveno Nece Herkovic ao forçar três punições ao adversário. Nas oitavas de final, ele acabou superado pelo austríaco Bernd Fasching por ippon. Assim, adiou sua busca pela primeira medalha em um Mundial.

Schimidt era candidato à medalha em Abu Dabi por vir de bons resultados nos últimos dois anos. Ele faturou o ouro nos Jogos Pan-Americanos de Santiago, no ano passado, subiu ao pódio em seguidos Grand Slams e se sagrou campeão do Campeonato Pan-Americano de Judô deste ano.

Pré-convocado para disputar a Olimpíada de Paris-2024, o brasileiro deve ser confirmado nos Jogos no fim de junho, quando a Federação Internacional de Judô fecha o seu ranking olímpico. E, na capital francesa, ele é candidato a brigar por medalha em sua primeira Olimpíada da carreira.

Nesta terça, o Brasil também foi representado por Gabriel Falcão, estreante em Mundiais, na mesma categoria de Schimidt. No entanto, ele caiu logo na estreia, diante do egípcio Abdelhraman Abdelghany por um waza-ari, no golden score.

No feminino, Ketleyn Quadros e Nauana Silva também foram eliminadas na primeira luta, na categoria até 63kg. Medalhista nos Jogos de Pequim-2008, Ketleyn foi derrotada pela cubana Maylin Del Toro Carvajal enquanto Nauana perdeu para a croata Iva Oberan.

Com estes resultados, o Brasil segue em busca da sua primeira medalha neste Mundial, que será disputado até sábado. Os melhores resultados até o momento foram o quinto lugar de Daniel Cargnin (até 73kg) e os sétimos lugares de Natasha Ferreira (até 48kg) e Larissa Pimenta (até 52kg).