TEMPO RUIM

Campus de Ondina da Ufba registra pontos de alagamentos após fortes chuvas

Instituição recomendou aos professores a adoção de medidas como a flexibilização e adiamento das aulas

  • Foto do(a) author(a) Da Redação
  • Da Redação

Publicado em 9 de abril de 2024 às 17:28

Ufba registrou pontos de alagamentos; um pedaço do forro do teto do RU caiu Crédito: Reprodução/ Redes Sociais

Após as fortes chuvas que atingem a cidade de Salvador desde o último domingo (7), a Universidade Federal da Bahia (Ufba) registrou alagamentos, que ocorreram principalmente no campus de Ondina. Em vídeos que circulam nas redes sociais, é possível ver, principalmente, as imediações da Biblioteca Central tomadas por águas da chuva. 

De acordo com a universidade, isto acontece porque o campus está localizado muito próximo ao nível do mar, o que reduz a velocidade da drenagem da rede do bairro. Casos de vazamento também ocorreram e estão sendo atendidos por equipes da Superintendência de Meio Ambiente e Infraestrutura (Sumai) da universidade.

Nesta terça-feira (9), no Restaurante Universitário (RU) de Ondina, estudantes registraram a queda de um pedaço do forro que cobre o local. De acordo com a universidade, o material já foi tirado e a área limpa. A Sumai virá providenciar a substituição por um novo forro. 

Na segunda-feira (8), uma árvore caiu nas proximidades da Escola de Dança. A Ufba afirmou que Sumai já está removendo a árvore e que não houve dano ao prédio de dança.

Sumai  foi acionada para remoção da árvores Crédito: Divulgação

Considerando as dificuldades provocadas pela chuva e que atingem especialmente os bairros onde reside parcela considerável dos estudantes da instituição, a administração central da Ufba, em diálogo com os diretores de Unidades Universitárias, recomendou aos professores a adoção de medidas como a flexibilização e adiamento das aulas, o adiamento de avaliações e da entrega de trabalhos.