RISCO À SEGURANÇA

Estabelecimentos são autuados por venda ilegal de gás de cozinha em São Caetano

As multas poderão chegar a R$ 20 mil

  • Foto do(a) author(a) Da Redação
  • Da Redação

Publicado em 24 de abril de 2024 às 16:32

Polícia Civil autua dois estabelecimentos por venda ilegal de gás de cozinha
Polícia Civil autua dois estabelecimentos por venda ilegal de gás de cozinha Crédito: Divulgação / Ascom PC

A Polícia Civil notificou dois postos de revenda de gás de cozinha, no bairro de São Caetano, em Salvador, por venda de forma irregular do produto. Os donos dos pontos poderão ser penalizados com a aplicação de multa, com o valor inicial R$ 20 mil.

Ao todo, cinco pontos de revenda foram vistoriados, dos quais dois foram autuados por não atender a regulamentação pertinente e oferecer risco à segurança do próprio estabelecimento e vizinhança.

A ação faz parte de uma operação do Departamento de Repressão e Combate à Corrupção, ao Crime Organizado e à Lavagem de Dinheiro (Draco) para fiscalizar estabelecimentos. A operação começou na terça-feira (25). 

A iniciativa teve o apoio da Agência Nacional de Petróleo (ANP) e começou após uma denúncia que estabelecimentos da região estariam vendendo o produto de forma irregular.

Outras fiscalizações e repreensões contra a venda ilegal de gás de cozinha serão realizadas pelo Draco.