APÓS DECOLAGEM

Passageiros trocam socos durante voo nos EUA e tripulação intervém

Durante a briga, os passageiros e a tripulação intervieram na tentativa de separar os envolvidos

  • Foto do(a) author(a) Rede Nordeste, O Povo
  • Rede Nordeste, O Povo

Publicado em 16 de fevereiro de 2024 às 17:22

A causa exata da briga entre os dois passageiros não foi esclarecida até o momento
A causa exata da briga entre os dois passageiros não foi esclarecida até o momento Crédito: Reprodução/X

Um confronto físico e verbal entre dois passageiros após a decolagem de uma aeronave com destino ao Havaí foi registrado na última segunda-feira, 12. Durante a briga, os passageiros e a tripulação intervieram na tentativa de separar os envolvidos.

Jim Wieder, um dos passageiros, relatou ao veículo Outlet ter ouvido gritos e presenciado socos, os quais resultaram em um dos homens ferido e sangrando. “Eu me virei e vi um homem sangrando; e, depois, o outro sendo separado”, contou.

No registro, é possível observar um dos homens vestindo um moletom cinza e um boné de beisebol se aproximando do outro. Os homens iniciam uma discussão que rapidamente escalou para agressões físicas. Em seguida, os demais passageiros e membros da tripulação tentam contê-los.

A causa exata da briga entre os dois passageiros não foi esclarecida até o momento. Apesar do incidente, o voo da companhia Southwest Airlines continuou sua rota e chegou ao destino conforme programado.

Nota da Southwest Airlines

“Nossos relatórios indicam que dois clientes se envolveram em uma briga a bordo do voo 1288 de Oakland para Lihue”, disse a Southwest Airlines em comunicado obtido pela NBC News.

“Elogiamos nossa tripulação e clientes por seu profissionalismo na solução desta situação para manter a segurança e bem-estar dos nossos clientes e colaboradores. O voo pousou em segurança no destino programado e as autoridades locais receberam a aeronave à chegada”, completou.

Briga em avião termina com multa de até 37 mil dólares

Após o pouso no Havaí, as autoridades policiais detiveram ambos os homens envolvidos. As multas podem chegar a até 37 mil dólares (cerca de R$ 184 mil).

O Departamento de Transportes dos EUA divulgou que passageiros envolvidos em brigas a bordo de aeronaves podem ser indiciados e multados. A Administração Federal de Aviação está conduzindo uma investigação sobre o incidente.