4x4 amplia a mobilidade do Volkswagen Delivery

autos & etc
21.11.2020, 07:00:00
Atualizado: 21.11.2020, 08:15:04

4x4 amplia a mobilidade do Volkswagen Delivery

A nova configuração do menor caminhão da marca tem capacidade para até sete toneladas

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Volkswagen Caminhões e Ônibus comemora a chegada do Delivery 11.180 4x4 às concessionárias depois d dois anos de desenvolvimento. Segundo Roberto Cortes, presidente da marca, “trata-se de um veículo que não tem concorrentes diretos e que oferece muito mais robustez e capacidade de carga que as picapes que atualmente realizam operações para as quais desenvolvemos este novo produto”.

As características off-road dessa configuração do menor caminhão da marca são evidenciadas por vários aspectos, como a altura em relação ao solo de 19,6 centímetros. Seus ângulos de entrada e saída são, respectivamente, de 30° e aproximadamente 40°, contra 20° e 28° do modelo 4x2.

A versão 4x4 do Delivery tem 19,6 centímetros de vão livre do solo
A versão 4x4 do Delivery tem 19,6 centímetros de vão livre do solo
O motor de 3.8 litros rende 175 cv de potência e 61 kgfm de torque
O motor de 3.8 litros rende 175 cv de potência e 61 kgfm de torque
A escada de acesso ganhou mais um degrau pois essa versão é mais alta
A escada de acesso ganhou mais um degrau pois essa versão é mais alta
A cabine tem acabamento em couro sintético para facilitar a limpeza
A cabine tem acabamento em couro sintético para facilitar a limpeza (Fotos: divulgação)

Seu motor tem 3.8 litros e rende 175 cv de potência e 61 kgfm de torque. Esse propulsor, fornecido pela Cummins, é associado a uma transmissão manual feita pela Eaton e a uma caixa de transferência produzida pela Marmon Herrington.

Opcionalmente, o fabricante oferece itens que ampliam a capacidade de uso fora da estrada. É possível equipar o veículo com guincho elétrico, quebra-mato, luzes extras e faróis de milha. O Delivery 4x4 é uma boa opção para uso no agronegócio, na mineração e no setor eletricitário. Custa a partir de R$ 300 mil.

DÉCIMA PRIMEIRA
A nova geração do Civic, a 11ª, está a caminho. A confirmação parte da própria Honda, que apresentou nesta semana uma versão ainda conceitual do veículo. A inspiração é no Accord, e isso poderá agradar aos mais conservadores. A extravagância ficou por conta da cor escolhida para a apresentação do conceito: Solar Flare Pearl, um laranja brilhante.

Para quem aprecia a pegada esportiva, a Honda já adiantou que continuará a oferecer as versões Si e Type R, mas, em contrapartida, vai parar a produção da carroceria coupé - que chega ao Brasil importada, na configuração Si. Essa nova geração poderá ser nacional em 2022.

DE CÃO DE RUA A EMBAIXADOR
Em abril, quando funcionários da concessionária HMB Prime, na cidade de Serra, na região metropolitana de Vitória (ES), adotaram um vira-lata não imaginavam que ali iria começar uma bela história. O cãozinho de pouco mais de um ano foi batizado de Tucson e seu Instagram (@tucson_prime), já tem mais de 170 mil seguidores.

Nesta semana, ele viajou até Piracicaba, no interior de São Paulo, para visitar a fábrica. A iniciativa teve o objetivo de valorizar o compromisso da marca em estimular a convivência harmoniosa com animais de estimação. Atualmente, todas as revendedoras do HB20 e do Creta estão preparadas para receber os pets de seus clientes.

O "O 'cão-sultor' Tucson é um ótimo exemplo de como nossos concessionários estão abraçando esse sentimento", comemora Angel Martinez, vice-presidente comercial da Hyundai Motor Brasil. Um modelo a ser seguido.

O cão Tucson visitou a fábrica da Hyundai em São Paulo (Foto: HMB)

OS NOVOS MINI SUVS
As parceiras Nissan e Renault terão produtos similares partindo de uma mesma plataforma, a CMF-A+. A Nissan mostrou o Magnite há algumas semanas e agora a Renault revelou seu novo SUV, o Kiger. Desenvolvido na Índia, o novo Renault fará sua estreia inicialmente lá, chegando às concessionárias já no começo do ano que vem.

As imagens reveladas são de um veículo conceito, mas o fabricante diz que o produto final será 80% do que está no protótipo. Basta tirar alguns exageros, como as rodas de 19 polegadas e os espelhos para ter uma ideia do veículo final que, como o Nissan, terá menos de 4 metros de comprimento. No Brasil? Apostaria em 2022 para os dois modelos, com prioridade para o Nissan.

SOBE E DESCE
Neste mês Salvador ganhou uma nova Grande Bahia, entre as avenidas Paralela e Luís Eduardo Magalhães. É a quarta filial da revendedora Chevrolet em Salvador. O ponto negativo foi o fechamento da Sammar, uma das primeiras representantes da Kia no país. A loja ficava no Dique do Tororó.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas