5 livros não óbvios para viajar pelo mundo sem sair de casa

vanessa brunt
14.10.2020, 17:25:30
Atualizado: 14.10.2020, 17:50:50

5 livros não óbvios para viajar pelo mundo sem sair de casa


Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Intensidade é saber aprofundar e ressignificar o que parece ser apenas superfície. É sobre lembrar que o mais fundo está sempre bem ali, na areia. É muito mais sobre provar um novo sabor gastronômico ou sobre assistir a um filme que não faz parte dos seus gostos do que sobre esquecer quem é você na balada sem hora. E viajar é uma das formas mais densas e belas de descobrir mais desses prazeres tão gigantes e que soam tão singelos.

Em tempos de isolamento social – porque, sim, a pandemia ainda não acabou –, viajar através de séries, livros, filmes e outras artes pode ser uma forma curiosa para respirar melhor, oferecer mais ao mundo e conhecer mais de si.

Para que ampliemos as nossas intensidades em descobertas de diversos tipos, separei cinco livros que nos levam para profundezas de diversos países. Seja em tramas ficcionais ou em relatos, em obras cheias de levezas ou em outras que mostram lados mais inquietos, esses títulos podem mudar suas visões de mundos. Confira: 

1. Amor & Gelato (de  Jenna Evans Welch) | Para viajar para a Itália

Para quem busca uma leitura mais leve e quer perder preconceitos com obras focadas em um público adolescente, Amor & Gelato pode ser a pedida ideal e promete surpreender. Nele, Lina fica com a missão de realizar um pedido que sua mãe fez antes de morrer: ela deve ir até a Itália para conhecer o pai. Do dia para a noite, ela se vê na famosa paisagem da Toscana, morando em uma casa localizada no mesmo terreno de um cemitério memorial de soldados americanos da Segunda Guerra Mundial, com um homem que nunca tinha ouvido falar. É então que, mesmo com as angústias, a jovem passa a mergulhar nas belezas arquitetônicas, na história da cidade e nas comidas maravilhosas, aprofundando a cultura da Itália para os leitores.

Mas as coisas começam a mudar quando ela recebe um antigo diário da mãe. Nele, a menina embarca em uma misteriosa história de amor, que pode explicar suas próprias origens. No meio desse turbilhão de emoções, Lina ainda ganha confusões amorosas próprias para o seu coração.

O livro traz uma trajetória que fará Lina descobrir o amor, a si mesma e também aprender a lidar com a perda. Amor & Gelato é uma deliciosa viagem pelos mais românticos pontos turísticos italianos, com direito a tudo de mais intenso que o lugar tem a oferecer: desde paixões até corações partidos.

SEMELHANTE: Para quem quer mergulhar na França em uma obra leve e de estilo semelhante, uma dica é fazer a leitura de Ana e o Beijo Francês.

➨ Formato: versão física e digital (em português)
➨ Preço: R$ 25,86 (física) | R$ 22,41 (digital)
➨ Ano de lançamento: 2017
➨ Editora: Intrínseca
➨ Páginas: 294
➨ Nacionalidade da autora: viveu na Itália e hoje mora nos EUA

2. Fama e Anonimato (de Gay Talese) | Para conhecer mais de Nova York

Gay Talese é um dos jornalistas mais ovacionados ao redor do mundo. Pai do novo jornalismo, ou também conhecido jornalismo literário norte-americano, o autor preza pela minúcia e pelo aprofundamento.

Fama e Anonimato é considerada a bíblia do novo jornalismo para jornalistas. Mas isso não significa que não seja um livro para o grande público. Muito pelo contrário. A obra, inclusive, já havia sido publicado no Brasil em 1973 levando o título Aos Olhos da Multidão. Em 2004, foi readaptado pela editora Companhia das Letras.

Para quem tem interesse em conhecer o universo nova iorquino, Fama e Anonimato é uma opção enriquecedora. O livro reúne textos publicados pelo autor para a revista Esquire. São reportagens fora do habitual. Talese, por exemplo, constatou que “os nova-iorquinos piscavam em média 28 vezes por segundo; que sob chuva o movimento do comércio caía de 15% a 20%, mas menos gente se matava nesses dias”. Assim, o jornalista explora o cotidiano imperceptível, a pluralidade nova iorquina, detalhes e peculiaridades.

O livro é dividido em três parte: a primeira mostra o cenário urbano de Nova York, a segunda narra a construção da ponte Verrazzano-Narrows e a terceira mostra a vida de artistas e esportistas americanos.

MAIS UMA DICA: Para quem quer conhecer Nova York através de outros ângulos e com a leitura de um romance, a dica é conferir O Ano Em Que Morri Em Nova York.

➨ Formato: versão física (em português)
➨ Preço: R$ 69,90
➨ Ano de lançamento: 2004
➨ Editora: Companhia das Letras
➨ Páginas: 536
➨ Nacionalidade do autor: norte-americano

3. Do For Love (de Letícia Mello) | Para viajar para Tailândia, Camboja e Vietnã

Nascido da ânsia da autora de fazer algo impactante na vida de outras pessoas, o projeto Do For Love foi uma idealização que se transformou em uma viagem de voluntariado e autoconhecimento pela Tailândia, Camboja e Vietnã.

Procurando testar seus limites e ajudar os outros de maneira espontânea e verdadeira, Letícia Mello mergulhou em mundos diferentes do seu e conseguiu, de modo divertido e sincero, se conectar a pessoas e lugares que antes pareciam tão distantes. Assim, o livro exibe uma história leve e emocionante que pode tocar cada leitor(a) de várias formas.

Escrever a obra surgiu como uma oportunidade de compartilhar na íntegra essa experiência que mudou a vida de Letícia. Com muitos questionamentos sociais, exibição da influência da cultura em nossas decisões e com diversas curiosidades sobre os lugares visitados, as páginas passeiam entre aventuras, dúvidas, medos e alegrias intensas.

Tanto para quem está buscando uma leitura motivacional (que ajude no encontro de propósitos e no gás para as metas) quanto para quem quer descobrir mais sobre o mundo e sentir que viajou por aí, o livro é a pedida ideal.

➨ Formato: versão física e e-book (em português)
➨ Preço: e-book gratuito para Kindle Unlimited | R$ 60 (livro físico)
➨ Ano de lançamento: 2016
➨ Editora: edição da autora
➨ Páginas: 281
➨ Nacionalidade da autora: brasileira

4. Não Conta Lá em Casa: uma viagem pelos destinos mais polêmicos do mundo (de André Fran) | Para conhecer diversos países

Escrito por André Fran, um dos quatro apresentadores do programa Não Conta Lá Em Casa  (exibido pelo canal Multishow), o livro homônimo é um fascinante relato pessoal de algumas das viagens que o autor fez com o programa.

Nele, Fran narra aventuras e curiosidades de alguns dos mais inusitados destinos que percorreu. Iraque ainda praticamente em guerra, a impenetrável Coreia do Norte, o Afeganistão dos talibãs, Tuvalu, a ilha-país prestes a sumir do mapa pelos efeitos do aquecimento global, além de Somália, Etiópia, o Japão logo após o tsunami, entre outros.

O ponto fraco da obra, porém, está no pouco aprofundamento sobre cada destino. A impressão é de ter feito uma leitura de introdução, que deixa portas abertas para mais pesquisas e ideias. Mas, ainda que haja tal aspecto negativo, o livro deixa dicas e curiosidades que fazem valer. É uma obra repleta de histórias que divertem, emocionam e abrem alas para ensinar.

SEMELHANTE (mais aprofundado): Para quem quer aprofundar detalhes e ganhar mais curiosidades sobre diversos países, uma excelente pedida é o livro Grandes Destinos, que é ideal para dar de presente e ter na sala de casa.

➨ Formato: versão física e e-book (em português)
➨ Preço: e-book gratuito para Kindle Unlimited | R$ 53,50 (livro físico)
➨ Ano de lançamento: 2013
➨ Editora: Record
➨ Páginas: 453
➨ Nacionalidade do autor: brasileiro

5. Mas Você Vai Sozinha? (de Gaía Passarelli) | Para viajar pelo Brasil e pelo mundo

“Mas você vai sozinha?”: Que mulher nunca ouviu essa pergunta logo depois de anunciar que faria uma viagem solo? Seja em outro continente ou numa cidade do interior de São Paulo, é sempre um ato de coragem decidir conhecer um lugar por conta própria. E é mergulhando nesses aspectos que o livro da autora Gaía Passarelli conta, com sinceridade e bom-humor, sobre as aventuras que a autora teve sozinha pelo mundo afora.

Ela não vai nos dizer para largar tudo e sair por aí, nem sobre sermos cool em Nova York. Estas são histórias sobre ser consolada por um xamã andino, molhar os pés nas águas do mar no extremo sul da Índia e dormir debaixo de uma mesa de bar no Texas. Acima de tudo, é um livro que fala sobre ser mulher e, ao mesmo tempo, ser livre para viajar por aí sem companhia, sem medo e sem preconceito.

Não espere uma obra com muitas dicas e alertas sobre cada local visitado, mas sim sobre inspirações e situações inusitadas, com descrições de muitos perrengues e alertas que ficam nas entrelinhas. O livro é leve e rápido, feito para quem quer se sentir mais livre e ficar com a emoção de ter viajado um pouco por aí.

A obra traz ilustrações da artista paulistana Anália Morares.

SEMELHANTE: Para quem quer mais relatos curtos de viagens, outra boa pedida é o livro Queria Ter Ficado Mais.

➨ Formato: versão física e e-book (em português)
➨ Preço: R$ 31,89 (livro físico) | R$ 26,90 (-book)
➨ Ano de lançamento: 2017
➨ Editora: Globo Livros
➨ Páginas: 177
➨ Nacionalidade da autora: brasileira

EXTRA: Para refletir mais sobre o Brasil, fica a dica da leitura de A Vida Que Ninguém Vê, da autora Eliane Brum.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas