5 vinhos brasileiros por até R$ 30

paula theotonio
18.03.2021, 05:00:00

5 vinhos brasileiros por até R$ 30

Tenho escutado muito que os vinhos brasileiros são muito caros e que os chilenos, na mesma faixa de preço, são muito melhores. Um achismo lamentável e que, ao longo dos últimos anos, tem contribuído com um preconceito descabido com a produção nacional.

Antes de mais nada, é preciso reconhecer que o Chile tem diversos terroirs excelentes para produção de vinhos fantásticos, do Atacama à Patagônia. Mas nós também temos produções inigualáveis, com regiões atuando com vitivinicultura tradicional; técnicas que permitem produção no inverno e vinhedos em meio à caatinga. Somos os melhores produtores de espumantes das Américas!

Além de qualidade, o país hispano-americano conta com políticas internas que garantem uma tributação menos pesada que a nossa; e um acordo de imposto zero na exportação para cá. Tudo isso deixa o produto chileno extremamente competitivo.

Mas, ainda assim, vê-se uma equiparação no custo-qualidade entre os dois países. Ou seja: um vinho chileno de R$ 50 terá uma qualidade similar a um de mesmo valor e DNA brasileiro.

Entretanto esse desempenho, na minha opinião, não se repete nos vinhos de entrada — aqueles que custam entre R$ 15 e R$ 30. Não sinto que a qualidade dos vinhos finos chilenos nessa faixa de preço se compare ao que tenho degustado em alguns rótulos nacionais.

Os brasileiros têm mostrado equilíbrio, boa tipicidade e aquela famosa honestidade. Sem prometer uma experiência excepcional, apresentar qualquer sinal de complexidade ou sequer usando nomenclaturas que confundem o consumidor, acabam entregando bom sabor por um preço bacana.

A seguir, trago 5 vinhos brasileiros baratinhos, bem feitos e que dão de 7 a 1 em qualquer r*serv*do. Atenção: compre-os sempre com safras recentes!

Almadén Moscatel Rosé (R$ 19,90 na Adega Vinhos do Sertão) — Leve, divertido e doce, com aromas de morango e cereja, acompanha sobremesas e aperitivos. Ideal para quem ainda não gosta de espumantes secos.

Espumante Salton Brut (R$ 26,30 no Bebidas do Sul) — Simples e honesto, este borbulhante tem uma perlage intensa, boa formação de espuma, aromas de flores brancas e frutas cítricas. Para celebrar!

Rio Sol Chenin Blanc (A partir de R$ 26,90) — Fresco, esse branco traz aroma de fruta de polpa branca e notas florais. Acompanha bem saladas e queijos frescos!

Miolo Seleção Touriga Nacional Tempranillo (R$ 29,90 no Meu Vinho) — Um tinto de médio corpo e boa acidez para seu dia-a-dia, combinando com embutidos, pizza de calabresa, ensopados com carne vermelha e queijos duros.

Aurora Colheita Tardia (R$ 19,90 na Vineria 9) — Um vinho doce e licoroso, com aromas de nozes, castanhas, flores brancas e mel. Para ter em casa e harmonizar com sobremesas cítricas ou com queijos azuis, como Roquefort e Gorgonzola.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas