7 dicas para seu negócio decolar com vídeo-marketing

estúdio correio
26.10.2021, 15:00:00
Atualizado: 05.11.2021, 14:55:10
(Foto: Pixabay)

7 dicas para seu negócio decolar com vídeo-marketing

Com o aumento de consumo de vídeo online, estratégias de marketing precisam se adequar a esta tendência

Todo mundo que empreende tem o sonho de ver sua empresa tomando posição de referência no seu segmento, conseguir muitos clientes e gerar grandes lucros, não é mesmo?

Atualmente, com tantas ferramentas e informações disponíveis, a forma mais direta e efetiva de conseguir alcançar esse objetivo é usando a internet. Mas, destacar-se com um conteúdo que engaje os usuários, pode não ser tão simples.

O video-marketing, entretanto, pode estreitar esse caminho, pois recentes estudos comprovam que 73% dos consumidores estão mais propensos a comprarem após assistirem um vídeo explicativo sobre um serviço ou solução.

Só quem já investiu horas produzindo conteúdo e monitorando as poucas reações do público após postá-lo, sabe como é decepcionante essa sensação.

Para te ajudar a engatar nessa jornada e obter sucesso na sua marca, separamos 7 dicas de ouro para fazer seu negócio decolar nas redes:

1. A primeira impressão é a que fica

Nos EUA, uma pesquisa mostrou que 70% dos consumidores entrevistados tiveram boa impressão de uma marca, após assistirem algum vídeo produzido por ela. No mundo dos negócios, esse número é expressivo e demonstra a importância de investir nesse modelo de conteúdo. Crie anúncios em vídeo, mostre os bastidores da marca nas redes sociais, abuse de ferramentas, como o Reels e Stories, além de canal no YouTube.

2. Storytelling

No marketing digital, essa técnica é uma das que mais trazem resultados aos clientes e não seria diferente com o vídeo. Faça um material contando a história de seu negócio, o que te levou a empreender e porque trabalha com esse produto ou serviço. Esse tipo de

conteúdo se conecta em um nível humano com a audiência e pode gerar tráfego orgânico, além de transformar seguidores em potenciais clientes.

3. O poder da informação

Existem alguns tipos de vídeo que engajam mais do que outros, como vídeos informativos, por exemplo, cujas interações beiram os 44% e costumam trazer seguidores. Aproveite o seu nicho para gerar informações de valor ao seu público.

Mesmo que o foco do material não seja vender algo, se torna uma excelente vitrine para mostrar aos clientes que sua marca se preocupa com suprir necessidades reais.

4. Ensinar é uma dádiva

O YouTube é o segundo maior buscador do mundo, então alguns conteúdos de “como fazer” podem ajudar sua marca a se destacar na plataforma. Crie vídeos tutoriais que explicam seus produtos ou soluções, pois muitos consumidores deixam de efetivar a compra por receio de não saber usar o que foi comprado.

5. Cada um no seu quadrado

Produza conteúdo de diferentes durações, como vídeos menores para os stories do Instagram, alguns um pouco maiores para o Facebook e LinkedIn, por exemplo. Entender o público e a plataforma é vital para que os resultados não sejam decepcionantes.

6. O hábito faz o monge

Tenha constância, faça um calendário de postagens e certifique-se de colocá-las de forma que não haja uma sobrecarga de conteúdo e tampouco uma falta dele. Lembre-se: quem não é visto, não é lembrado.

7. Volte sempre

Peça a seus clientes que gravem relatos sobre seu produto ou solução, contando a experiência positiva e o que gostaram. Isso ajuda a transformar usuários em clientes em potencial por meio da inspiração, além de garantir a valiosa prova social para seu negócio.

Bônus

Pesquisas da HubSpot, referência em ferramentas inbound marketing, constatou que 85% das empresas, incluindo as maiores do mundo, utilizam vídeos em seu marketing e mais de 90% alega que estes conteúdos são peças centrais de toda a estratégia.

Sabe-se também que vídeos informativos costumam gerar até 1200% mais engajamento do que postagens de textos ou fotos combinadas.

Caso o seu empreendimento ainda não esteja inserido nessas estatísticas, comece a considerar o início dessa proposta. Luz, câmera, ação e boa sorte.

Este conteúdo não reflete, nem total e nem parcialmente, a opinião do Jornal Correio e é de inteira responsabilidade do autor.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas