'A gente vai acreditar até o final', avisa Wagner Lopes

e.c. vitória
22.11.2021, 22:20:00
Goleiro Lucas Arcanjo falhou duas vezes diante do CRB, no estádio Rei Pelé, em Maceió (Francisco Cedrim / CRB)

'A gente vai acreditar até o final', avisa Wagner Lopes

Técnico do Vitória avalia derrota para o CRB, admite falhas e promete empenho na última rodada da Série B

O Vitória ficou em situação ainda mais delicada na Série B do Brasileiro na noite desta segunda-feira (22). O rubro-negro perdeu para o CRB por 3x1, no estádio Rei Pelé, em Maceió, e agora não depende mais das próprias forças para escapar do rebaixamento à terceira divisão nacional.

O resultado manteve o Vitória afundado no Z4. O Leão é o 18º colocado e tem 40 pontos, dois a menos que o Remo, primeira equipe fora do grupo de degola, em 16º lugar. Para seguir na segunda divisão, será preciso vencer o Vila Nova na rodada derradeira da competição, domingo (28), às 16h, no Barradão. Além disso, terá que torcer por tropeços do clube paraense e do Londrina, que ocupa a 17ª posição, com 41 pontos.


"Enquanto tiver 1% de chances, vamos lutar, trabalhar. Se os outros times perderem, ainda tem a possibilidade de uma vitória nossa em casa. É lutar para que os resultados aconteçam e a gente fazer um bom jogo no próximo dia 28 em casa, contra o Vila Nova", afirmou o técnico Wagner Lopes, que promete empenho da equipe até o último minuto da 38ª rodada.

"Claro que a gente vai acreditar até o final. A minha obrigação é passar para o torcedor que a gente está trabalhando no limite. Estamos fazendo tudo que está ao nosso alcance para orientar da melhor maneira possível, assumir a responsabilidade. Eu sou o responsável. Então a gente busca orientar o atleta, dar todas as condições. A gente está numa situação em que precisa torcer contra, mas precisa fazer a nossa parte. O nosso discurso é esse. Buscar vencer num jogo em casa e esperar que os resultados aconteçam", disse o comandante rubro-negro.

Wagner Lopes não projetou apenas a última rodada, mas também avaliou o desempenho do Vitória diante do CRB. Os gols do CRB foram marcados por Renan Bressan (duas vezes) e Pablo Dyego. O goleiro Lucas Arcanjo falhou no primeiro e no terceiro. O tento anotado pelo Vitória foi marcado por Fernando Neto. 

"No primeiro tempo, nós poderíamos ter aproveitado melhor. Atravessamos a bola na frente do gol várias vezes. Não conseguimos o timing certo para atacar a bola, fazer o gol. tivemos o cabeceio do David. O goleiro fez uma grande defesa. Fez outra defesa em chute do Fabinho, chute do Fernando Neto. No primeiro tempo, acredito que dominamos. No segundo, infelizmente, um cara que nos salva sempre, um jogador que tem uma história grandiosa aqui, belíssima... A gente sempre pede que, quando alguém erra, a gente esteja próximo para poder ajudar, cobrir", comentou Wagner Lopes.

"No primeiro gol, felicidade do batedor. O Bressan bateu muito bem na bola, e não tem jeito. No segundo gol que tomamos, não houve encaixe de marcação. O tripé de marcar do lado, o arremesso lateral, formara três para dois. E não conseguimos encaixar a marcação. Depois, o cara foi feliz na finalização. Mas vejo que fizemos um bom jogo. Às vezes, falhas acabam acontecendo. Depois que você toma o segundo gol, você tem que ir para cima. Você precisa desesperadamente da partida, do resultado. Aí você acaba dando oportunidade para o adversário contra-atacar ou criar um volume maior. Nosso time foi aguerrido. Perdeu, mas perdeu lutando. Perdeu buscando. Mesmo com a entrada dos meninos, buscaram o ataque, tentaram criar situações".

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas