Acidente entre ônibus e viatura deixa dois PMs feridos no Imbuí

salvador
30.10.2019, 13:18:00
(Reprodução)

Acidente entre ônibus e viatura deixa dois PMs feridos no Imbuí

Eles não tiveram ferimentos graves e foram socorridos para unidades de saúde

Uma viatura da Polícia Militar colidiu com um ônibus da empresa Integra OT Trans por volta das 10h desta quarta-feira (30), na Avenida Jorge Amado, no bairro do Imbuí. Uma policial ficou ferida e foi socorrida para o Hospital Geral do Estado (HGE) e outro PM foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no Marback. Ambos não tiveram ferimentos graves.

De acordo com as primeiras informações, uma policial que pediu para não ser identificada ficou desacordada após ter recebido uma pancada na cabeça. Ela precisou ser socorrida para o HGE.

Já o PM, identificado apenas como soldado Fonseca, precisou passar por exame de raio-x para verificar se houve fratura em um dos braços.

A viatura, embora estivesse prestando serviço para a 39ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Imbuí-Boca do Rio), pertence à Base Comunitária de Santa Cruz e é lotada na 40ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Nordeste de Amaralina).

O ônibus envolvido no acidente fazia a linha Cabula VI/Pituba. Não há informações de outros feridos no acidente.

A Superintendência de Trânsito do Salvador (Transalvador) informou que o acidente ocupou uma faixa apenas, mas a via não precisou ser interditada e nenhuma alteração no trânsito da Avenida Jorge Amado foi realizada. 

Em nota, a PM informou que o acidente de trânsito deixou dois policiais militares feridos, mas que ambos passam bem e foram submetidos a exames médicos para avaliação.

*Com supervisão da chefe de reportagem Perla Ribeiro

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas