Adeus, barulho! Empresário de Salvador cria site para vender ovos pela internet

salvador
22.05.2017, 12:40:00
Atualizado: 22.05.2017, 13:51:41

Adeus, barulho! Empresário de Salvador cria site para vender ovos pela internet

Site faz entregas delivery e aceita cartões de crédito e débito

O Correio oferece acesso livre a todas as notícias relacionadas ao coronavírus. Entendemos que informação séria e confiável é importante nesse momento. Colabore para que isso continue. Assine o Correio.


Chegou o site do ovo! Isso mesmo, o popular carro do ovo, em Salvador, agora ganhou uma versão virtual, que faz entregas delivery e aceita cartões de crédito e débito. Funcionando no modelo clube de assinaturas, o novo negócio começou a fazer suas primeiras entregas na última segunda-feira (15).

O responsável por criar uma versão mais silenciosa do polêmico carro do ovo é o empresário Leonardo Araújo, 32 anos. “Eu sempre achei interessante o carro do ovo. E, como consumidor, tinha dificuldade de comprar. Às vezes, eu descia e o carro não estava mais na minha porta. Fora que tem muita gente que reclama do barulho”, disse, explicando o surgimento da ideia.

Com todo o barulho que o carro do ovo fez na mídia e nas redes sociais, nos últimos meses, ele viu ali um grande negócio. Percebeu várias lacunas que ainda existiam, como bairros não alcançados e o fato de essa modalidade informal só aceitar dinheiro. Clientes, com certeza, não iam faltar. “Pessoas do mundo fitness consomem muitos ovos, algumas de 15 a 20 por dia”, destacou.

Na casa do comerciante Moisés Oliveira, 37, não é bem assim, mas está perto. Juntos, ele e a esposa comem cerca de 10 ovos por dia. Na rua onde mora não tem supermercado perto e não passa o famigerado carrinho que anuncia o produto por alto-falante. “Quando eu comprava no carro do ovo, era porque eu via em algum lugar que eu passava”, conta o assinante do plano fitness, que recebe duas placas de ovos por semana.

 O empresário Leonardo Araújo, 32 anos, que 'levou' o carro do ovo para a internet 
(Foto: Marina Silva/CORREIO)

Site do Ovo
O primeiro clube de assinaturas de ovos do Brasil, como o próprio Leonardo faz questão de enfatizar, oferece oito planos, em que variam o tipo e o número de unidades entregues. Há desde o plano fitness semanal, que contempla a entrega de quatro entregas de 60 ovos cada, ao plano personalizado, até o de entrega mensal, em que o cliente recebe uma placa por mês.

Os primeiros resultados do negócio surpreenderam o empresário. Sem investir em propaganda, apenas usando o boca a boca e ações gratuitas nas redes sociais, em um mês ele já contabilizava 200 clientes pré-cadastrados.

Entre as estratégias usadas estava uma promoção que pedia aos seguidores para marcar cinco amigos no Instagram e escrevesse por que a pessoa merecia ganhar um mês do plano semanal. O autor da frase mais criativa seria premiada.

Foi assim que o corretor de imóveis Neto Almada, 31, conheceu o “Site do Ovo”, pois ele foi marcado pelo cunhado na postagem. “Fiz a assinatura pela comodidade. Eu e minha mulher consumimos muitos ovos por causa da dieta. A gente tinha que ir no supermercado o tempo todo ou dar sorte de estar em casa na hora que passa o carro do ovo. Para a gente, o site foi uma mão na roda”, explicou Neto, que junto com a mulher come de 4 a 6 ovos por dia.

Na primeira semana de operação, o empresário já atendia a 145 clientes em 30 bairros da capital e Região Metropolitana, entregando ovos brancos e vermelhos tamanho extra e ovos de codorna. E ainda há espaço para crescimento do portfólio. “Comecei a receber contatos de pessoas que queriam ovo caipira e ovo orgânico”, revela. Leonardo Araújo avisa que o número de localidades atendidas deve aumentar, desde que haja aumento na demanda.

Com a expectativa de crescimento do negócio, o empresário, que distribui ovos comprados na Ceasa, quer fechar um contrato diretamente com o produtor. O produto, com certeza, está disponível no mercado. Somente no ano de 2016, a Bahia produziu 47,5 milhões de dúzias de ovos. No país todo chega a 3,1 bilhões de dúzias, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Frito, não!
Rico em proteínas, o ovo tem sido o novo queridinho de quem faz dieta para aumento de massa muscular. A nutricionista Alessandra Pinto, conselheira do Conselho Regional de Nutricionistas da 5ª Região, diz que o alimento, em si, não é vilão. Tudo depende da forma de preparo. “O vilão, na verdade, é a gordura saturada. O problema é quando frita”, explica.

Ela destaca que por muito tempo o ovo foi acusado de fazer mal à saúde, porque a gema tem colesterol. Porém, não é bem assim. “A forma que o ovo é preparado é que pode aumentar o colesterol ruim, o LDL. O colesterol do ovo, em si, é bom e não agride a saúde”, revela a nutricionista.

Apesar de reconhecer os benefícios deste alimento, como a presença de vitaminas A, D, E e K, Alessandra Pinto condena exageros. “Qualquer nutriente faz mal à saúde”, diz ela, recomendando o consumo de um a dois ovos por dia.

Criador de site inspirado no Carro do Ovo é empresário multifacetado

Por que o ovo é bom?
Rico em albumina, proteína de alta absorção
Rico em substâncias antioxidantes
Previne doenças degenerativas, por causa da presença de carotenoide
Tem a mesma quantidade de proteína da carne
Faz bem para o cérebro, por causa da presença de vitaminas do Complexo B

***

O CORREIO entende a preocupação diante da pandemia do novo coronavírus e que a necessidade de informação profissional nesse momento é vital para ajudar a população. Por isso, desde o dia 16 de março, decidimos abrir o conteúdo das reportagens relacionadas à pandemia também para não assinantes. O CORREIO está fazendo um serviço de excelência para te manter a par de todos os últimos acontecimentos com notícias bem apuradas da Bahia, Brasil e Mundo. Colabore para que isso continue sendo feito da melhor forma possível. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/surto-de-lives-na-quarentena-transmissoes-ao-vivo-se-tornaram-comuns-e-ate-memes/
Confira também uma lista de perfis para acompanhar os 'ao vivo'
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/autor-de-video-compartilhado-por-bolsonaro-pode-pegar-6-meses-de-prisao/
Gravação trazia informações falsas sobre desabastecimento de alimentos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/abner-pinheiro-publica-foto-com-bebe-nunca-vou-desistir-de-voce/
Briga após influencer baiano descobrir que não é o pai de sangue de bebê foi o assunto mais comentado nas redes sociais
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/apos-polemica-com-teste-de-dna-e-traicoes-sthe-vai-processar-abner/
Briga após influencer baiano descobrir que não é o pai de sangue de bebê foi o assunto mais comentado nas redes sociais
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/em-live-com-miley-cyrus-anitta-e-chamada-de-icone-pop-brasileiro/
Cantoras conversaram via Instagram e dançaram Rave de Favela
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/ajustes-deixaram-a-ranger-mais-competitiva/
Em vídeo, Antônio Meira Jr., explica o que mudou na picape da Ford
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/apos-teste-de-dna-e-traicoes-abner-e-sthe-ganham-mais-de-16-mi-de-seguidores/
Treta após baiano descobrir que não é o pai de sangue de bebê foi o assunto mais comentado do mundo nas redes sociais
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/baco-exu-do-blues-lanca-ep-contra-o-tedio-da-quarentena/
Preso em casa, artista produziu nove faixas em três dias
Ler Mais