Adolescente espancada até a morte sonhava em ser digital influencer

brasil
06.01.2021, 18:02:00

Adolescente espancada até a morte sonhava em ser digital influencer

Jovem passava por processo de transição de gênero

A morte de uma adolescente de 13 anos de idade, que era conhecida como Keron Ravach, chocou a cidade de Camocim, distante 457 km de Fortaleza. A estudante foi espancada até a morte, atingida com pauladas e socos. Amigos relatam que Keron era tímida, mas tinha o sonho de ser conhecida e se tornar uma digital influencer. Ela estava passando por um processo de transição de gênero.

Keron foi morta na madrugada dessa segunda-feira, 4. O principal suspeito, um adolescente de 17 anos, foi apreendido. De acordo com o titular da Delegacia de Camocim, delegado Herbert Ponte, o garoto confessa o crime e afirma que se encontrou com a vítima para fazer um programa sexual. No entanto, houve um desentendimento quanto ao pagamento dos valores e ele matou a menina. As agressões foram a facadas, pauladas, socos e chutes. As informações são do jornal O Povo.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas