Agnaldo Liz diz que gramado ruim não atrapalhou o Vitória

e.c. vitória
15.03.2020, 18:33:28
Atualizado: 16.03.2020, 12:00:23
Agnaldo Liz é treinador do time de aspirantes do Vitória (Foto: Leticia Martins/EC Vitória)

Agnaldo Liz diz que gramado ruim não atrapalhou o Vitória

Time de aspirantes perdeu do Jacuipense por 1x0 no estádio Valfredão, pelo Baiano

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.


O técnico do Vitória chamou para si a responsabilidade pela derrota contra o Jacuipense em partida que aconteceu neste domingo (15) pelo Campeonato Baiano. O rubro-negro levou 1x0 e poderia sair de campo levando até mais. O goleiro João Pedro fez boas defesas no primeiro tempo e contou com a sorte no segundo quando foi deslocado por Elias em cobrança de pênalti, mas viu a bola cobrir o gol.

Os jogadores do Vitória, casos de Eron e João Pedro, reclamaram das condições do gramado do estádio Valfredão, em Riachão do Jacuípe. Contudo, para o treinador rubro-negro, Agnaldo Liz, esse é um problema que atinge os dois lados e o resultado ruim não pode ser justificado com isso.

"Eu não sou de dar desculpa com gramado, arbitragem. Eu tento fazer o melhor com as condições que tenho. O gramado também é prejudicial para equipe deles e eles sabem disso. Com o gramado bom eles jogam com perfomance melhor do que apresentaram aqui", disse Agnaldo à rádio Metrópole.

O Vitória enfrentou muitas dificuldades para criar jogadas de gol, principalmente no segundo tempo de jogo, quando teve a bola por mais tempo em sua posse.

João Pedro foi o grande destaque do Vitória no jogo. Não fosse o goleiro de 22 anos, o Leão sairia com um prejuízo ainda maior: caso sofresse mais gols, o time poderia ficar com saldo inferior ao Atlético de Alagoinhas, atual 5º colocado, que tem os mesmos 11 pontos do Vitória, mas está fora do G4 porque tem um gol a menos de saldo.

"Jogo bastante difícil. A gente sabia que o time deles era qualificado. O campo atrapalhou nosso estilo de jogo, que é de posse de bola. Não ajudou a gente trabalhar a bola. O Jacuipense desceu bastante, foram cinco chutes diretos, uma bola não consegui pegar. Mas nossa equipe tentou", disse o goleiro.

Foi a primeira derrota de João Pedro debaixo das traves do Leão. Antes da derrota contra o Jacupa ele disputou três partidas, saiu vencedor em duas e empatou outra. Contudo, ainda não teve o gostinho de sair de campo sem ser vazado: foram 5 gols sofridos em 4 partidas.

Outro que ficou na bronca com o gramado foi o atacante Eron. Artilheiro do Vitória com quatro gols, Eron passou em branco contra o Jacupa. Ele até teve oportunidade de balançar as redes no primeiro tempo aproveitando cruzamento de Negueba, mas parou no goleiro Luan.

Na saída para o intervalo, Eron alegou que o gramado pesado desfavorece o estilo de jogo do Vitória, que gosta de circular a bola com velocidade e propor o jogo.

"O campo está prejudicando um pouco. Não tem como não falar. A gente está acostumado com a bola correndo um pouco mais. Faz parte do campeonato", disse.

O próximo compromisso do Vitória no Campeonato Baiano é um outro confronto direto: o time de Agnaldo Liz enfrenta o Bahia de Feira dentro do Barradão em jogo marcado para o próximo dia 22, às 16h. 

Há a expectativa de cancelamento da partida, mas até o momento a Federação Baiana de Futebol (FBF) não se pronunciou sobre cancelamento de partidas devido ao risco de contágio pelo novo coronavírus.

***

O CORREIO entende a preocupação diante da pandemia do novo coronavírus e que a necessidade de informação profissional nesse momento é vital para ajudar a população. Por isso, desde o dia 16 de março, decidimos abrir o conteúdo das reportagens relacionadas à pandemia também para não assinantes. O CORREIO está fazendo um serviço de excelência para te manter a par de todos os últimos acontecimentos com notícias bem apuradas da Bahia, Brasil e Mundo. Colabore para que isso continue sendo feito da melhor forma possível. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/depois-de-um-susto-targino-se-prepara-para-cantar/
Músico sofreu grave acidente de carro, mas escapou ileso e agora se prepara para fazer lives
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/sao-joao-sera-comemorado-com-maratona-de-lives-promovidas-pelo-correio/
Serão seis apresentações de bandas e cantores durante o projeto, que arrecadará doações
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/junho-chegou-correio-promove-lives-para-comemorar-o-sao-joao/
Apresentações acontecem sempre às sextas e sábados de junho, às 19h
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/editorial-fotografado-a-distancia-une-tres-paises-na-quarentena/
O ensaio foi realizado pela plataforma Zoom, usando celular
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bau-de-marrom-a-bahia-tambem-ensina-ao-mundo-como-cantar-e-dancar-forro/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/copo-de-leite-faz-haddad-acusar-bolsonaro-de-brindar-supremacistas-brancos-entenda/
Leite tem sido usado como símbolo por neonazistas nos EUA; petista enxergou provocação após repercussão de mortes de homens negros. Presidente nega
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/anastacia-comemora-80-anos-com-muito-forro/
Cantora e compositora lança EP com produção de Zeca Baleiro e parcerias com Mariana Aydar, Chico César e Amelinha
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/nizan-guanes-vai-entrevistar-roberto-medina-abilio-diniz-e-washington-olivetto/
As entrevistas são parte do Sunday Night Live que o publicitário tem realizado em sua conta do Instagram
Ler Mais