'Agora é pensar em ficar longe da zona', alerta Vico

e.c. vitória
25.10.2020, 23:18:00
Atualizado: 26.10.2020, 00:23:01
Vico cruza a bola diante do Botafogo-SP, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (Célio Messias/Estadão Conteúdo)

'Agora é pensar em ficar longe da zona', alerta Vico

Atacante comenta derrota por 2x1 para o Botafogo-SP

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Apenas um ponto separa o Vitória da zona de rebaixamento da Série B do Brasileiro. A situação delicada do rubro-negro é consequência da derrota por 2x1 para o Botafogo-SP, na noite deste domingo (25), no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto. O time caiu uma posição na tabela de classificação e agora é o 14º colocado, com 20 pontos. O Figueirense soma 19 e está em 17º. 

“Situação difícil de falar, porque a gente tem um plantel muito bom, comando muito bom. Tem passado por essa situação", lamentou o atacante Vico após o apito final.

Na opinião do atacante, a arbitragem prejudicou o Vitória. "É levantar a cabeça. A gente veio, fez um bom jogo. Eles fizeram o resultado e ficaram caindo. Não teve mais jogo. Toda hora eles caíam. O juiz poderia ter amarelado o goleiro deles mais rápido. A gente teve que jogar tanto contra o time como contra a arbitragem", afirmou Vico.

A derrota para o Botafogo-SP foi o sétimo jogo seguido do Vitória sem vencer na Série B do Campeonato Brasileiro. O último triunfo foi comemorado há um mês, no dia 26 de setembro, na 11ª rodada: 3x1 contra o Oeste, no Barradão, ainda sob o comando de Bruno Pivetti. 

"Infelizmente, viemos de resultados negativos. É esfriar a cabeça e tentar o resultado positivo. Agora é pensar em ficar longe da zona e tentar fazer a diferença no próximo jogo”, projetou Vico. Na 19ª rodada, o Vitória joga contra o Brasil de Pelotas, sexta-feira (30), às 19h15, no Barradão.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas