Ajudante de pedreiro é morto enquanto bebia em bar de Plataforma

salvador
12.02.2022, 12:42:00
(Bruno Wendel/CORREIO)

Ajudante de pedreiro é morto enquanto bebia em bar de Plataforma

Mãe diz que ele foi vítima de bala perdida: "Ele vestia ainda a roupa da obra"

Depois de concluir um serviço, o ajudante de pedreiro Rafael Carlos Conceição, 24 anos, tomava um cervejinha em bar no bairro de Plataforma. Instantes depois de ele se acomodar numa cadeira, houve uma sequência de disparos contra uma multidão, mas ele foi o único que não escapou e acabou morto. 

O fato aconteceu na Rua Batista Machado, por volta das 20h desta quinta-feira (10).  Segundo a mãe dele, a cuidadora de idosos Hildete Silva da Conceição, 43, o filho foi vítima de uma bala perdida. "Ele vestia ainda a roupa da obra. Na hora dos tiros, ele não teve agilidade pra correr por causa das botas pesadas que ele usava quando trabalhava. Tive três filhos e ele era o do meio. Uma pessoa que todo mundo gostava", contou ela, emocionada na manhã deste sábado (12), no Instituto Médico Legal Nina Rodrigues (IMLNR). 

De acordo com Hildete, os homens que mataram seu filho seriam os mesmos envolvidos nas mortes do marisqueiro Valfredo Espírito Santo Costa, 67, e  sobrinho dele, ocorridas na manhã desta sexta-feira (11) no mesmo bairro. "Quando eu vim aqui ontem (sexta) para tratar da liberação do corpo, ouvi os parentes dessas vítimas dizendo que os homens que balearam o idoso e o rapaz tinham matado uma outra pessoa na noite anterior, neste caso, falavam de meu filho. Disseram que era a mesma moto", contou ela. 

A reportagem procurou a Polícia Civil para saber sobre a investigação do caso e a suposta relação com as mortes de tio e sobrinho ocorridas no dia seguinte.  Em nota, a polícia respondeu que " a morte de Rafael Carlos da Conceição Reis, de 24 anos, também está sendo investigada pela 3ª DH/BTS".  "A autoria e motivação ainda não estão esclarecidas, portanto não podemos relacionar com outros crimes ocorridos no bairro", diz nota

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas