'Ano gratificante', comemora Gedoz após fim da temporada

e.c. vitória
30.11.2019, 18:42:00
Atualizado: 30.11.2019, 18:43:38
Leão perdeu para o Coritiba na despedida da temporada 2019 (Foto: Pietro Carpi/EC Vitória)

'Ano gratificante', comemora Gedoz após fim da temporada

Meia não revelou se continuará no clube em 2020

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A derrota do Vitória para o Coritiba, por 2x1, na tarde deste sábado (30), no Barradão, ficou em segundo plano para o meia Felipe Gedoz. Após o último jogo da temporada, o meia rubro-negro desabafou e afirmou que o grupo precisou superar muitos obstáculos para manter o time na Série B do Brasileirão. Para ele, os resultados apareceram tarde, mas mostraram do que o elenco é capaz. 

"Um ano gratificante coletivamente e individualmente. Esse grupo mostrou o que é capaz. Mostramos tarde, mas fica o pensamento positivo desse grupo que lutou até o final. Sabíamos que era um jogo difícil contra um time que lutava pelo acesso. Temos que agradecer a todo mundo que nos ajudou, passamos por muitas dificuldades, superamos os obstáculos. Não era o que a gente queria, o Vitória é um time muito grande, não pode ficar na Série B. Mas fica o pensamento positivo", disse o meia. 

Questionado se fica no Vitória para a próxima temporada, Gedoz despistou: "O contrato termina agora com o Athletico-PR, temos algumas possibilidades aí. Mas agora é aproveitar as férias", explicou ele.  

Quem deixou o campo lamentando o resultado foi o lateral Van. Ele explicou que os atletas queriam conquistar o triunfo para os torcedores que foram ao Barradão, mas as coisas não saíram como eles esperavam. 

"A gente saiu na frente, em dois erros nossos tomamos a virada. Acontece no futebol. Queríamos dar a alegria ao torcedor do Vitória, mas não saiu como a gente esperava", resumiu Van. 

O Vitória agora entra de férias e só volta a atuar no dia 15 de janeiro, quando recebe o Jacobina, no Barradão, pela estreia no Campeonato Baiano

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas