Apontamentos sobre uma tragédia

paulo sales
23.03.2020, 05:00:00

Apontamentos sobre uma tragédia


Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.


Em Veneza, cruzeiros, gôndolas e vaporettos deram lugar a golfinhos, cisnes e peixes nos canais da laguna. Uma cidade deserta, despida das habituais multidões e do canto desafinado dos gondoleiros. Como uma cidade fantasma, o que ressalta ainda mais sua beleza avassaladora. Em Paris, apenas espectros esparsos passeiam pela Champs-Élysées com lojas e cafés fechados. Em Madri, a Plaza Mayor está envolta em inusitado silêncio. Em Roma, os confinados cantam nas sacadas o lindo hino anti-fascista Bella Ciao. E em várias cidades do Brasil, o silêncio só é interrompido às 20h30 pelos panelaços dos nossos confinados, que sinalizam o início da derrocada do fascismo tropical.

As bolsas despencam e se prevê uma recessão global, mostrando o quanto a volatilidade do capital especulativo não pode ser levada tão a sério. Por outro lado, a emissão dos gases de efeito estufa foi reduzida drasticamente. O mundo também produz menos lixo, consome menos, se resguarda. Porque sabe que tempos difíceis estão por vir – ou melhor: já chegaram. Não há nada parecido desde a Segunda Guerra Mundial. É estranho (mas não desagradável) passar quase todas as horas do dia em casa. É estranho saber que o nosso restaurante preferido acaba de fechar as portas por tempo indeterminado. Que os jogos do Flamengo estão em compasso de espera. Que não há a menor ideia de quando essa zorra toda vai acabar.

Leio Proust. No Caminho de Swann, primeiro volume da epopeia memorialística Em Busca do Tempo Perdido. Volto à França de pouco mais de 100 anos atrás, a uma Europa prestes a se envolver no primeiro dos dois conflitos sanguinários que devastaram o continente. Era um mundo onde se consumia, ao menos nos meios mais abastados, quantidades enormes de alta cultura. Fazia parte do cotidiano, das conversas à noite com as visitas, dos introspectivos hábitos diários. Admiro e invejo esse tempo, e através dele me abstraio da quarentena a que estou submetido.

Acho que tiraremos algum aprendizado disso tudo. Para além das mensagens motivadoras cheias de platitudes, vejo um aspecto positivo da pandemia que nos assola: com as desonrosas exceções de sempre, estamos exercitando a alteridade, a empatia, o olhar compassivo sobre a tragédia alheia. Afinal, temos tempo disponível para isso. Como há muito não ocorria, volta-se a dar a devida importância aos estados de bem-estar social, essa rede enorme que ampara quem cai e o ajuda a levantar.

Sabemos que o canto dos confinados em Roma embute um sofrimento profundo: dos pacientes às centenas que não conseguem ser atendidos e morrem sozinhos, sem despedida, sem sequer um enterro digno. Como se manter indiferente a tamanha tragédia? Como não se compadecer com essa desgraça que ultrapassa fronteiras, costumes e idiomas? Estamos juntos. E os que cantam Bella Ciao lá se irmanam com os que batem panela aqui. Porque a vida é feita de insatisfação, perda e dor. Mas também de estoicismo, afeto e solidariedade.
 

***

O CORREIO entende a preocupação diante da pandemia do novo coronavírus e que a necessidade de informação profissional nesse momento é vital para ajudar a população. Por isso, desde o dia 16 de março, decidimos abrir o conteúdo das reportagens relacionadas à pandemia também para não assinantes. O CORREIO está fazendo um serviço de excelência para te manter a par de todos os últimos acontecimentos com notícias bem apuradas da Bahia, Brasil e Mundo. Colabore para que isso continue sendo feito da melhor forma possível. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/youtuber-compra-mansao-de-r-65-milhoes-apenas-para-gravar-videos/
Camila Loures disse que seguirá morando em sua antiga residência
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/daniela-faz-live-nesta-sexta-feira-29-com-transmissao-no-multishow/
Apresentação da cantora será em casa e terá clássicos como O Canto da Cidade, além de canções novas
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/na-frente-do-stf-bolsonarista-sara-winter-xinga-moraes-e-ameaca-persegui-lo-assista/
Alvo de operação da PF contra rede de fake news, ativista convocou manifestantes para acampar na frente da casa de ministro do Supremo
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/duster-2021-veja-tudo-que-mudou-no-suv-da-renault/
Jornalista automotivo testou o modelo e apresenta suas impressões
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/novelas-classicas-chegam-ao-globoplay-e-a-favorita-e-a-primeira/
'Laços de Família', 'Vale Tudo' e 'Tieta' estão entre as próximas
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/sao-joao-parte-1-dia-de-tradicao-antecipada-teve-licor-e-forro-em-familia-em-salvador/
Para aliviar tensão da pandemia, muita gente recorreu ao humor e, claro, ao rango típico nessa segunda-feira atípica
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/anitta-x-leo-dias-entenda-o-conflito-entre-a-cantora-e-o-jornalista/
Cantora afirmou que era ameaçada e chantageada há alguns anos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/veja-dicas-para-se-dar-bem-nas-selecoes-de-emprego-pela-internet/
Especialistas selecionam uma série de orientações importantes para fazer bonito nas entrevistas
Ler Mais