Após assaltos, ônibus deixam de circular no fim de linha da Capelinha de São Caetano

salvador
26.11.2020, 18:18:00
Atualizado: 26.11.2020, 18:49:32

Após assaltos, ônibus deixam de circular no fim de linha da Capelinha de São Caetano

Transporte foi atacado duas vezes em uma semana, e rodoviários decidiram suspender serviço

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Em protesto pela insegurança, os rodoviários deixaram de circular os ônibus no fim de linha da Capelinha de São Caetano na manhã desta quinta-feira (26). O serviço continua funcionando no interior do bairro, mas não chega até o trecho final e moradores da área precisam ir caminhando por cerca de 1km até a via principal para pegar o coletivo. Segundo o Sindicato dos Rodoviários, eles vêm sofrendo com assaltos na região.

A categoria informou que dois ônibus que fazem o transporte dos rodoviários até as garagens das empresas  — conhecidos como “apanhas” — foram assaltados no local durante a madrugada na última semana. 

Um dos assaltos ocorreu há dois dias, na quarta-feira (24). O veículo passou para buscar um dos trabalhadores, quando foi abordado por dois homens armados. Um deles saqueou os passageiros, enquanto o comparsa esperou do lado de fora. Ninguém ficou ferido.

O sindicato disse que na localidade rodam 16 ônibus que fazem as linhas Pituba, Acesso Norte e Campo Grande. Oito desses coletivos são pertencentes à empresa Plataforma e os demais da OTTrans. Membros da entidade foram até o final de linha nesta manhã para cobrar dos órgãos públicos uma solução para o problema. Segundo eles, a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) deu uma resposta dizendo que reforçaria o policiamento na área.

Em nota, Polícia Militar informou que a unidade responsável pela área, a 9ª CIPM (São Caetano) não foi acionada para atender às ocorrências de assaltos. A corporação disse que está realizando a Operação Visibilidade em pontos estratégicos do bairro durante a madrugada, bem como abordagens em pontos de ônibus. Acrescentou ainda que já está com policiamento intensificado em São Caetano, principalmente nas localidades de Capelinha, Goméia e Boa Vista.

“As ações, com abordagens preventivas contra o tráfico de drogas e a criminalidade, contam com o efetivo da unidade e o apoio da Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT)/ Rondesp BTS”, escreveram em nota.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas