Após promoção de ingressos, Bahia pode ter recorde de público contra Grêmio

e.c. bahia
24.11.2021, 17:52:00
Tricolor que casa cheia em partida decisiva contra o Grêmio (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Após promoção de ingressos, Bahia pode ter recorde de público contra Grêmio

Partida na Fonte Nova é encarada como decisão contra o rebaixamento

A partida entre Bahia e Grêmio, nesta sexta-feira (26), às 19h, pela 36ª rodada do Brasileirão, vai contar com casa cheia na Fonte Nova. De acordo com balanço divulgado pelo tricolor, 10 mil ingressos já foram vendidos para o confronto. 

Para contar com o apoio em massa, o Bahia fez promoção de ingressos e colocou entradas a partir de R$10. Esse lote promocional já foi esgotado, mas ainda restam setores com desconto. A Cadeira Superior custa R$15, enquanto as Cadeiras Inferior e Intermediária estão sendo vendidas por R$25. 

Vale lembrar que outros 16 mil lugares já estão "ocupados" pelos sócios que possuem o acesso garantido a todos os jogos do Bahia na temporada. Logo, se os sócios comparecerem ao jogo de sexta-feira, a tendência é a de que o tricolor tenha recorde de público após a reabertura do estádio para a torcida durante a pandemia. 

Até o momento o maior público do Esquadrão foi de 19.790 torcedores, registrado no empate sem gols com o Cuiabá, no último domingo (21). 

O torcedor pode garantir a presença na partida através do site da Arena ou na bilheteria Sul do estádio. Apenas quem recebeu as duas doses ou dose única da vacina contra a covid-19 terá acesso à Fonte Nova. 

A partida contra o Grêmio é tratada como uma decisão pelo Bahia. O tricolor está na 17ª colocação, com 37 pontos, um a mais do que os gaúchos, que estão no 18º lugar. Se vencer o duelo, o Esquadrão deixará a zona de rebaixamento.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas