'App anticoncepcional' é notificado após gravidez de 37 mulheres

mundo
16.01.2018, 21:30:05
Atualizado: 16.01.2018, 21:35:38
(Foto: Divulgação)

'App anticoncepcional' é notificado após gravidez de 37 mulheres

Suecas ficaram gravidas enquanto usavam o aplicativo; todas fizeram aborto

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Agência Sueca de Medicamentos notificou o Natural Cycles, aplicativo que promete ser tão eficaz quanto anticoncepcional, depois que 37 mulheres alegaram que ficaram grávidas sem querer.

Todas as mulheres são da Suécia, um dos países europeu onde o app é certificado como um método contraceptivo. Segundo o Estadão, o aplicativo diz mostrar com precisão quais são os dias férteis da mulher e evitar a gravidez. A ferramenta virtual custa US$ 8,99 por mês.

Todos os dias a usuária precisa alimentar o app com informações da temperatura corporal, captada no mesmo horário com um termômetro recebido ao adquirir o aplicativo. A ferramenta não só diz os dias férteis, como também alerta para uso de algum  contraceptivo adicional.

Ainda de acordo com o Estadão, das 668 mulheres que fizeram aborto em um hospital de Estocolmo desde setembro de 2017 até o fim de dezembro, quase 40 disseram que usavam o aplicativo.

"Nenhum método contraceptivo é 100% efetivo e gravidezes indesejadas são, infelizmente, um risco de qualquer método. Natural Cycles tem um selo Pérola Index de 7, que significa uma eficiência de 93%", disse a empresa em nota.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas