‘As Áfricas que a Bahia Canta’ é o tema da Mangueira para o Carnaval 2023

marrom
16.06.2022, 06:00:00

‘As Áfricas que a Bahia Canta’ é o tema da Mangueira para o Carnaval 2023

Escola de Samba Estação Primeira da Mangueira (Tomaz Silva - Agência Brasil - Divulgação)


Com o enredo As Áfricas que a Bahia Canta, a Estação Primeira de Mangueira volta a se apresentar na avenida com uma narrativa de protagonismo negro em seu Carnaval de 2023. A escola , que  foi campeã em 2016 com A Menina dos Olhos de Oyá, homenagem a Maria Bethânia,  mostrará as construções das visões de África na Bahia, a partir de sua musicalidade e instituições carnavalescas negras, destacando o protagonismo feminino nesse processo e as lutas contra intolerância, racismo e pelo fortalecimento da identidade afro-brasileira.

A Verde e Rosa abordará passagens da história preta do Carnaval pouco difundidas nas construções cronológicas da festa, com os cortejos pré e pós-abolição da escravatura, como os cucumbis e clubes negros, os embates contra a intolerância religiosa e racial dos Afoxés; as denúncias de desigualdade social pela arte dos blocos afros e a expansão da afro-baianidade pelos cantares do axé.


Alaíde do Feijão (Maria Gerusa - Divulgação)

Documentário sobre Alaíde do Feijão disponível no YouTube

Lançado originalmente no Multiplex e exibido no Pelourinho em 2010,  o documentário  Alaíde do Feijão agora está disponível na íntegra no YouTube, para prestar  homenagem à quituteira baiana, que morreu em 31 de janeiro.  E as cópias em DVD estão à venda no restaurante que era comandado por ela e  continua na ativa no Pelourinho. O filme  tem entrevista e direção do publicitário João Silva, direção de fotografia de Pepito Gonzales, edição e montagem: de  Jorge Alfredo e Dica, fotografia de Maria Gerusa e produção do Instituto Maria Preta.


Fernanda Noronha (Divulgação)

Fernanda Noronha canta poemas de Liz Matos

A cantora baiana Fernanda Noronha, que mora em Atlanta, nos Estados Unidos , faz uma rápida aterrisagem em Salvador. No dia 8 de julho ela se apresenta no Bistrot Trapiche, em um show exclusivo para convidados. Poemas de Liz Matos foram musicados por ela e serão lançados em formato EP, que leva o mesmo título do livro, A Cicatriz e a Flor. A obra, que já deu acesso também a outras esferas culturais, como as artes visuais, o teatro e a dança, encontra-se também com a moda, com figurino artístico escolhido cuidadosamente por Liz e pelo expert em Moda Roberto Pires, trazendo elegância e requinte para o show de apresentação do álbum. As composições  foram criadas pela própria Fernanda Noronha e por Jair Luz, e gravadas nos EUA e no Brasil.

Novo EP do Afrodisíaco

O Afrodisíaco, comandado por Pierre Onassis, está em estúdio, produzindo e gravando seu novo EP. O grupo selecionou sete canções inéditas e uma das primeiras novidades sobre o projeto acaba de ser divulgada: um feat com  o grupo carioca Bom Gosto, um dos mais badalados do samba no Brasil. A previsão é que o lançamento ocorra depois do São João.

TUM-TUM-TUM*

1  Dias 2 e 3 de julho será realizada a Edição 2022 da Fête de Yemanja,  na cidade de Nice na França. Mais de 500 artistas desfilarão em homenagem a rainha do mar, nesse evento organizado desde 2012 pela produtora e empresária,  a Baiana Solange Barreto, em parceria com a Prefeitura de Nice e a associação Brasuca Show.

2 O grupo Lê Fulerê, formado por Manno Góes, Adelmo Casé e Faustão, vai fazer um show único no Espaço Colaboraê, no Rio Vermelho, no dia 1º de julho. A apresentação vai marcar o encontro do trio de amigos para matar a saudade e pretende agitar o público com o repertório que traz uma mistura de ritmos, com canções autorais que marcaram as carreiras dos artistas

3 Hoje, o dublê de ator e cantor Érico Brás, vai lançar seu primeiro álbum musical, chamado de  Sincérico Brasileiro. Nesse projeto, ele mostra toda sua versatilidade e canta desde samba até forró, passando por MPB e pop também. Amanhã sai o clipe de Capitólio da Beleza, que o artista baiano  gravou no  restaurante Ó Paí, Ó, comandado por ele no Pelourinho.


***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas