Associação vai à Justiça por liberação da guerra de espadas em Senhor do Bonfim

bahia
23.06.2022, 14:16:00
(Foto: Caio Csermark)

Associação vai à Justiça por liberação da guerra de espadas em Senhor do Bonfim

Proibido desde 2017, show está programado para a noite desta quinta-feira (23)

A Associação Cultural dos Espadeiros de Senhor do Bonfim (Acesb), no norte do estado, acionou a o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) nesta quinta-feira (23) para impedir que espadeiros sejam presos em flagrante durante o show, que acontece à noite. Proibida desde 2017 conforme veto do TJ, a guerra de espadas em Senhor do Bonfim acontece tradicionalmente nas ruas Costa Pinto, Júlio Silva e Barão de Cotegipe. 

Um habeas corpus foi concedido na quarta-feira (22) liberando a guerra de espadas. Contudo, o Ministério Público derrubou a decisão nesta quinta. A Acesb entrou com novo pedido para liberação do evento, diz o coordenador-geral da instituição, Rodrigo Wanderley.

Wanderley garante que é possível fazer a guerra de espadas com segurança. Para isso, é preciso planejar a “brincadeira” escolhendo data, horário e local com menos movimentação e mais restrito aos participantes do show. O ideal é que espadeiros vistam equipamentos de segurança, como capacete, óculos e máscara. 

“[Em Senhor do Bonfim] não tem acidentes graves como Cruz das Almas. Bonfim tem horário para acabar, é um dia só. Cruz das almas é todos os dias”, diferencia.


*Com orientação da subchefe de reportagem Monique Lôbo

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas