Áudio sobre fraudes em pesquisas é de comediante, não de ex-diretor do Datafolha

brasil
07.06.2022, 01:00:14

Áudio sobre fraudes em pesquisas é de comediante, não de ex-diretor do Datafolha

A voz que aparece nos vídeos é de um humorista

Vídeo mente ao atribuir a Mauro Paulino, ex-diretor do Instituto Datafolha, declarações sobre supostas fraudes em pesquisas eleitorais e manipulação de votos nas urnas eletrônicas. A voz que aparece nos vídeos é de um humorista.

Conteúdo investigado: Áudio de um homem apontado como sendo o diretor do Instituto Datafolha, Mauro Paulino, em que ele fala de uma conspiração para fraudar pesquisas eleitorais e manipular votos nas urnas eletrônicas em favor do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). No YouTube, há apenas o áudio sobreposto com os seguintes dizeres: “Áudio vazado do diretor do Datafolha”, acompanhado de uma manchete do G1, de maio de 2022, com o petista liderando pesquisa eleitoral realizada pelo instituto. No Twitter, o mesmo áudio foi divulgado, mas com a imagem de um homem gravado ao nível da cintura enquanto bebe um café, como se tivesse sido filmado com uma câmera escondida.

Onde foi publicado: Twitter, Kwai e YouTube.

Conclusão do Comprova: É falso um áudio que circula nas redes sociais atribuindo ao ex-diretor do instituto Datafolha Mauro Paulino declarações sobre supostas fraudes em pesquisas eleitorais e manipulação de votos nas urnas eletrônicas. O áudio em questão não foi gravado por Paulino.

Na verdade, o material foi produzido por Warley Alberto Clauhs, que se apresenta como um humorista e que interpreta um personagem chamado Dr. Avacalho Ellys. O áudio foi recortado e editado, sendo então atribuído a Mauro Paulino. No vídeo original de Warley Alberto, o conteúdo se apresenta como uma esquete de humor. Contudo, nos comentários nas redes sociais, muitas pessoas demonstram acreditar que o homem seria o diretor do Datafolha.

Warley já disputou duas eleições, nos anos de 2016 e 2020, e saiu derrotado em ambas. Ele tentou se eleger vereador nos municípios de Açailândia (MA) e Rondon do Pará (PA).

Falso, para o Comprova, é o conteúdo inventado ou que tenha sofrido edições para mudar o seu significado original e divulgado de modo deliberado para espalhar uma falsidade. Embora o conteúdo original seja de um humorista, ele foi editado de modo a atribuir informações falsas a outra pessoa, no caso o ex-diretor de um instituto de pesquisa.

Alcance da publicação: O Comprova investiga os conteúdos suspeitos de maior alcance nas redes sociais. No YouTube, o conteúdo alcançou mais de 1,7 mil visualizações e 122 curtidas. Contudo, durante a checagem, foi verificado que a publicação foi deletada do canal em 3 de junho, antes mesmo de o Comprova tentar contato com o autor. No Twitter, o vídeo foi visualizado mais de 450 vezes.

O que diz o autor da publicação: No Twitter, a pessoa que compartilhou o conteúdo diz ser enfermeira e se descreve como “patriota e 100% Bolsonaro”. O Comprova não conseguiu contato com a autora.

Como verificamos: Por conta da voz que consta no vídeo investigado e do teor da frase, nossos verificadores constataram se tratar de um conteúdo que já viralizou em outras ocasiões, inclusive já apurado pelo Comprova. Naquela ocasião, o áudio era atribuído a um suposto advogado do PT.

Assim, iniciamos a checagem buscando verificações sobre o tema e localizamos registros do Boatos.org, do G1 e da Lupa.

Também entramos em contato com o Datafolha, por telefone e e-mail, para saber se Mauro Paulino ainda é um dos diretores, além de buscar um posicionamento da empresa. O Instituto confirmou que ele deixou o cargo de direção e negou que ele seja o autor do conteúdo. Mauro Paulino também foi procurado, via Twitter, para se manifestar sobre o assunto.

O Comprova ainda checou junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informações relativas às disputas eleitorais das quais Warley Alberto já participou.

Vídeo é de personagem humorístico
O homem que aparece no conteúdo verificado é Warley Alberto Clauhs, que dá vida ao personagem de humor Dr. Avacalho Elhys. O ator mantém o canal “Nana Arroba e Dr. Avacalho” no YouTube, que conta com 755 inscritos.

Na descrição, ele se apresenta como “ator, poeta, professor, locutor e imitador”. O vídeo alvo desta checagem está disponível no canal do comediante e circulou em abril de 2022 como se fosse de um advogado do PT. O conteúdo, apresentado originalmente como um quadro de humor, foi verificado pelo Comprova. O mesmo personagem aparece em vários outros vídeos do comediante.

Em 2016, Warley Alberto tentou se eleger vereador na cidade de Açailândia (MA), disputando a eleição pelo Progressistas. Quatro anos depois, nas eleições de 2020, foi candidato ao mesmo cargo, mas em Rondon do Pará (PA), desta vez, pelo Republicanos. Nos dois pleitos não conseguiu se eleger, ficando na condição de suplente.

De acordo com informações declaradas para o TSE, Warley é natural de Teófilo Otoni (MG) e tem 42 anos.

Mauro Paulino não é mais diretor do Datafolha
O Comprova entrou em contato com o Datafolha e foi informado que Mauro Paulino não é mais diretor do instituto. Ele deixou o cargo após 35 anos, substituído pela executiva Luciana Chong.

Em abril deste ano, a GloboNews anunciou a contratação de Paulino, que passou a integrar a equipe de comentaristas da emissora. Ele analisa os resultados das pesquisas eleitorais que tratam, sobretudo, da disputa à presidência e também da corrida eleitoral nos governos, no Senado e na Câmara Federal.

Tentamos contato com Paulino, mas não obtivemos resposta até a publicação deste conteúdo.

Por que investigamos: O Comprova investiga conteúdos sobre pandemia, eleições e políticas públicas que atinjam grau de viralização nas redes sociais. Com a proximidade do período eleitoral, cresce o número de conteúdos divulgados nas redes sociais tentando desacreditar as pesquisas de opinião e o voto eletrônico no país. Informações enganosas ou falsas que colocam as urnas eletrônicas sob suspeita prejudicam a confiança sobre o sistema eleitoral brasileiro e podem influenciar pessoas a desistirem de votar. O conteúdo do vídeo aqui verificado também cita o pré-candidato à presidência Lula. Informações falsas que envolvem atores políticos trazem prejuízos ao processo democrático e atrapalham a decisão do eleitor, que deve ser tomada com base em informações verdadeiras.

Outras checagens sobre o tema: Anteriormente, o Comprova também mostrou que “advogado do PT” em vídeo do Kwai é personagem de humor, que vídeo que cita falhas já corrigidas nas urnas volta a circular fora de contexto e que o sistema de votação eletrônica pode ser auditado.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas