Aviso de colisão, alerta de ponto cego... qual o assistente de condução mais útil?

só se vê no correio
04.12.2021, 06:00:00
Na iminência de uma colisão, o sistema de segurança do HB20 alerta o motorista e pode parar completamente o carro (Foto: Hyundai)

Aviso de colisão, alerta de ponto cego... qual o assistente de condução mais útil?

Conheça cinco carros que custam entre R$ 100 mil e R$ 130 mil que oferecem sistemas que ampliam a segurança

Nos automóveis, o que é luxo hoje pode se tornar algo essencial em alguns anos. E os itens que mais estão sendo agregados aos veículos atualmente são tecnologias que alertam o motorista, tentando assim evitar ou minimizar um possível acidente.

Não falo aqui sobre itens presentes apenas em carros de marcas premium, e sim de modelos convencionais, que em determinadas versões podem conter dispositivos que podem evitar muitas dores de cabeça.

A seguir, apresento cinco opções que custam até R$ 130 mil e oferecem equipamentos como alerta de ponto cego, sensor de faixa, aviso de colisão frontal e piloto automático adaptativo e detector de fadiga.

CHEVROLET ONIX

Na versão Premier II, que custa R$ 105.080, é oferecido um alerta de ponto cego. Por meio de sensores, o veículo detecta se há algo que pode não ser visto pelo motorista através dos espelhos retrovisores. Para alertar o condutor, uma luz laranja acende na extremidade das molduras de um dos retrovisores externos. 

A sinalização para o motorista é feita na carcaça dos retrovisores externos

É bastante útil no transito urbano e pode evitar a colisão com uma motocicleta, por exemplo.

HYUNDAI HB20

Utilizando uma câmera no para-brisa, que é instalada próximo ao retrovisor interno, o sistema identifica carros e pedestres à frente. Em caso de risco de colisão, é emitido um alerta sonoro e os freios são acionados. 

No pacote, a Hyundai entrega também um alerta de mudança de faixa. Com esse equipamento, caso o motorista mude de uma pista para outra sem usar a seta, o HB20 irá alertá-lo por meio de luzes no painel e um aviso sonoro.

Uma câmera monitora o caminho que o HB20 percorre

É oferecido na versão Platinum Plus, que custa R$ 100.790.

NISSAN VERSA

Em sua versão mais completa, a Exclusive, o Versa inclui dois itens já citados aqui: alerta de ponto cego e aviso de colisão frontal com assistente inteligente de frenagem. Custa R$ 115.90.

Uma luz se acende no espelho caso algo seja detectado no ponto cego
RENAULT DUSTER

Entre os SUVs, um dos mais em conta com um alerta para veículos no ponto cego é o Renault Duster. Como já exemplificado, o motorista é avisado por uma luz que se acende nas extremidades dos retrovisores externos quando há possibilidade de impacto. A configuração Iconic, que traz o equipamento como item de série, custa R$ 119.390.

O sistema do Duster tem a mesma lógica do Nissan Versa
VOLKSWAGEN NIVUS

Além dos equipamentos já citados, outro bastante útil é o ACC. A sigla vem do inglês "adaptive cruise control" ou "piloto automático adaptativo", esse equipamento ajusta automaticamente a velocidade do seu carro de acordo com outros veículos na pista.

Assim, se você está com ele ativo e transitando em uma via a 80 km/h, como na Avenida Paralela, e outro veículo está na sua frente a 60 km/h, o Nivus irá reduzir a velocidade. Quando o outro carro sair da frente ou for ultrapassado, a velocidade definida inicialmente é retomada automaticamente.

O ACC é ativado pelos botões que ficam do lado esquerdo do volante

É oferecido na versão Highline do crossover da Volkswagen, que custa R$ 127.750. Esse modelo conta também com um sistema detector de fadiga do motorista, que depois de cruzar várias informações de condução entende que a pessoa está cansada e emite um alerta no painel.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas