Bahia é o 2º estado com mais novos casos de covid-19

coronavírus
05.06.2020, 22:50:57
Atualizado: 06.06.2020, 07:10:12

Bahia é o 2º estado com mais novos casos de covid-19

Brasil tem 35.026 mortes e ultrapassa óbitos da gripe espanhola no país

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.


O número de mortes decorrentes do novo coronavírus chegou a 35.026 nesta sexta-feira (5), com 1.005 novos óbitos confirmados nas últimas 24 horas. O número de casos subiu para 645.771, segundo boletim diário do Ministério da Saúde.

Nesta quinta-feira (4), o Brasil passou a Itália e passou a ocupar a terceira posição no ranking de países com o maior número de mortes causadas pela Covid-19. O total de infectados era de 614.941, com 34.021 mortes confirmadas no pais.

Pela primeira vez desde o começo da pandemia o governo não divulgou os números totais de infectados e mortos, informando apenas os números do dia. Mas é possível saber os dados totais somando os números de quinta com os novos casos.

De acordo com o novo formato do balanço divulgado pelo governo, que não traz os números totalizados, os estados que mais registraram casos novos da doença são: São Paulo (5.365), Bahia (2.956), Pará (2.911), Maranhão (2.684) e Rio de Janeiro (2.134). Ou seja, com isso, a Bahia foi o segundo estado com maior número de novos casos confirmados da covid-19 nas últimas, perdendo apenas para São Paulo, segundo o jornal O Globo. O site do Ministério da Educação ficou fora do ar alguns minutos depois da divulgação do boletim e segue "em manutenção".

O secretário de saúde Fábio Vilas-Boas comentou os dados. "São casos represados, lançados tardiamente pelos municípios. Não refletem o crescimento de um único dia. Estamos fazendo um esforço grande para que os municípios “limpem” as bases de dados, confirmando ou descartando casos em investigação", escreveu.

Ainda de acordo com os dados divulgados nesta sexta, os cinco estados com o maior número de casos da doença até agora são: São Paulo (134.565), Rio de Janeiro (63.066), Ceará (61.595), Pará (48.049‬) e Amazonas (47.666‬). Já os cinco estados com o maior número de mortes causadas pela doença são: São Paulo (8.842‬), Rio de Janeiro (6.473‬), Ceará (3.890) e Pernambuco (3.205).

Pelo terceiro dia consecutivo, governo só divulgou os dados da Covid-19 após as 21h30. Questionado sobre a falta de transparência e motivação dos atrasos, o ministério alegou necessidade de checagem das estatísticas recebidas pelas secretarias estaduais e municipais de Saúde. O atraso repercutiu mal no Congresso e levantou questionamentos sobre a motivação e a falta de transparência do governo.

Gripe Espanhola
Ao chegar a 35.026 mortes decorrentes da covid-19, o Brasil tem mais óbitos do que os causados pela gripe espanhola, segundo o portal Uol. Aqui, entre 1918 e 1920, a doença deixou pouco mais de estimados 35 mil mortos, atingindo de forma periférica o país.

Diferente do que aconteceu com a gripe, agora, com o coronavírus, o Brasil está no epicentro da crise, com 645.771 casos da doença, atrás apenas dos Estados Unidos (1.890.592, segundo a Universidade Johns Hopkins). Os norte-americanos (108.920) e o Reino Unido (40.344) estão à frente do Brasil em número de mortes.

Balanço local
Nesta sexta-feira (5), a Secretaria da Saúde (Sesab) atualizou os dados de coronavírus no estado e anunciou, por volta das 18h, que são 26.419 infectados notificados no estado, 2.956 pessoas a mais que no levantamento anterior, de quinta (4), quando eram 23.463. O aumento corresponde a 12,6% entre os dois dias.

Apesar do grande crescimento, os casos não representam contaminações registradas nas últimas 24 horas. De acordo com a Sesab, eles refletem o correto preenchimento dos sistemas ministeriais por parte das Secretarias Municipais Saúde, ao finalizar casos que estavam em investigação desde o início da pandemia do coronavírus.

O boletim também informa que já são 819 mortes por covid-19. São 29 vítimas fatais a mais que no balanço da véspera, que trazia 790 óbitos. Segundo a Sesab, esses falecimentos também não aconteceram em 24h, referindo-se a um período de 14 dias. A secretaria diz que essas notificações tardias estão sendo apuradas pela Auditoria do Sistema Único de Saúde (SUS) e pela Corregedoria.

Assim como o disparo no total de infectados, houve também um pulo na quantidade de pessoas consideradas livres da covid-19. Entre os 26.419 diagnósticos na Bahia, 11.464 pessoas já são consideradas recuperadas, 3.034 a mais que no balanço de quinta (quando eram 8.430). Atualmente, esse número representa 43,39% dos casos - na véspera, significava 35,93%.

Há ainda 13.866 pessoas que ainda apresentam os sintomas da doença e permanecem monitoradas pela vigilância epidemiológica (52,48% dos contaminados). No estado, 3.850 profissionais da saúde testaram positivo para o coronavírus.

Ainda em relação aos casos confirmados, eles ocorreram em 334 cidades da Bahia, com maior proporção em Salvador (58,54%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes foram Ipiaú (7.171,97), Itajuípe (6.637,06), Uruçuca (6.433,06), Urandi (5.342,78) e Salvador (5.282,44).

Entre as 29 novas mortes confirmadas nestas 24h, 25 óbitos ocorreram em Salvador (86,2%). Os outros foram registrados em Vitória da Conquista, Camacan, Jequié e Santo Antônio de Jesus, com uma fatalidade, cada.

  • 791º óbito – homem, 76 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, diabetes mellitus e doença cardiovascular. Internado dia 24/05, veio a óbito dia 30/05, em hospital da rede pública, em Salvador
  • 792º óbito – mulher, 81 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial. Internada dia 09/05, veio a óbito dia 23/05, em hospital da rede pública, em Salvador;
  • 793º óbito – mulher, 79 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, diabetes mellitus, doença cardiovascular e demências, incluindo Alzheimer. Internada dia 23/05, veio a óbito dia 27/05, em hospital da rede pública, em Salvador;
  • 794º óbito – homem, 55 anos, residente em Salvador, portador de doença cardiovascular. Internado dia 04/05, veio a óbito dia 30/05, em hospital da rede pública, em Salvador;
  • 795º óbito – mulher, 77 anos, residente em Salvador, portadora de doença cardiovascular. Internada dia 17/05, veio a óbito dia 31/05, em hospital da rede pública, em Salvador;
  • 796º óbito – mulher, 60 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, doença cardiovascular e doença renal crônica. Internada dia 20/05, veio a óbito dia 02/06, em hospital da rede pública, em Salvador;
  • 797º óbito – mulher, 67 anos, residente em Itapetinga, portadora de hipotireoidismo. Internada dia 29/05, veio a óbito dia 03/06, em hospital da rede particular, em Vitória da Conquista;
  • 798º óbito – mulher, 93 anos, residente Salvador, portadora de doença cardiovascular. Internada dia 30/05, veio a óbito no mesmo dia (30/05), em hospital da rede pública, em Salvador;
  • 799º óbito – mulher, 58 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes mellitus. Internada dia 22/05, veio a óbito dia 30/05, em hospital da rede particular, em Salvador;
  • 800º óbito – homem, 62 anos, residente em Salvador, portador de diabetes mellitus e hipertensão arterial. Internado dia 26/05, veio a óbito dia 27/05, em hospital da rede particular, em Salvador;
  • 801º – homem, 67 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial. Internado dia 12/05, veio a óbito dia 29/05, em hospital da rede particular, em Salvador;
  • 802º óbito – mulher, 40 anos, residente em Salvador, portadora de doença respiratória crônica. Internada dia 27/05, veio a óbito dia 01/06, em hospital da rede pública, em Salvador;
  • 803º óbito – mulher, 80 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial. Internada dia 28/05, veio a óbito dia 02/06, em hospital da rede particular, em Salvador;
  • 804º óbito – mulher, 64 anos, residente em Salvador, sem comorbidades. Internada dia 18/05, veio a óbito dia 04/06, em hospital da rede particular, em Salvador;
  • 805º óbito – mulher, 89 anos, residente em Salvador, sem comorbidades. Internada dia 24/05, veio a óbito dia 01/06, em hospital da rede pública, em Salvador;
  • 806º óbito – homem, 84 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial. Internado dia 27/05, veio a óbito dia 01/06, em hospital da rede pública, em Salvador;
  • 807º óbito – homem, 61 anos, residente em Salvador, sem comorbidades. Internado dia 15/05, veio a óbito dia 04/06, em hospital da rede particular, em Salvador;
  • 808º óbito – mulher, 79 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes e doença cardiovascular. Internada dia 31/05, veio a óbito dia 04/06, em hospital da rede particular, em Salvador;
  • 809º óbito – homem, 63 anos, residente em Camacan, sem comorbidades.  Sem informações acerca de internação, veio a óbito dia 22/05, em seu município, sem informações;
  • 810º óbito – homem, 90 anos, residente em Jequié, portador de doença cardiovascular. Internado dia 29/05, veio a óbito no mesmo dia (29/05), em hospital da rede pública, em Jequié;
  • 811º óbito – homem, 60 anos, residente em Salvador, portador de obesidade e hipertensão arterial. Internado dia 25/05, veio a óbito dia 02/06, em hospital da rede pública, em Salvador;
  • 812º óbito – homem, 63 anos, residente em Salvador, portador de diabetes mellitus e doença renal crônica. Internado dia 18/05, veio a óbito dia 02/06, em hospital da rede pública, em Salvador;
  • 813º óbito – homem, 97 anos, residente em Salvador, sem comorbidades. Internado dia 11/05, veio a óbito dia03/06, em hospital da rede particular, em Salvador;
  • 814º óbito – homem, 76 anos, residente em Salvador, sem comorbidades. Internado dia 28/05, veio a óbito dia 02/06, em hospital da rede pública, em Salvador;
  • 815º óbito – homem, 52 anos, residente em Salvador, portador de doença cardiovascular e doença renal crônica. Internado dia 11/05, veio a óbito dia 04/06, em hospital da rede particular, em Salvador;
  • 816º óbito – mulher, 67 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes mellitus e hipertensão arterial. Sem informação acerca da data de internação, veio a óbito dia 02/06, em hospital da rede particular;
  • 817º óbito – mulher, 80 anos, residente em Aratuípe, portadora de hipertensão arterial, diabetes mellitus e doença cardiovascular. Internada dia 25/05, veio a óbito dia 04/06, em hospital da rede pública, em Salvador;
  • 818º óbito – mulher, 83 anos, residente em Santo Antônio de Jesus, portadora de diabetes mellitus, doença cardiovascular e doença respiratória crônica. Internada dia 30/05, veio a óbito dia 03/06, em hospital da rede pública, em Salvador;
  • 819º óbito – mulher, 76 anos, residente em Santo Antônio de Jesus, portadora de doença autoimune. Internada dia 30/05, veio a óbito dia 04/06, em hospital da rede particular, em Santo Antônio de Jesus;

Ao redor da Bahia, há 1.929 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para pessoas com a covid-19. Destes, 1.109 estão ocupados (57%). Entre os 798 leitos de UTI adulto e pediátrico destinados somente a infectados com o novo coronavírus, 565 possuem pacientes internados (71%).

"Cabe ressaltar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda", informa a Sesab.

Entre o dia 1° de março e esta sexta-feira (5), o Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) realizou 61.889 exames do tipo RT-PCR, que é o padrão ouro para identificar o genoma viral do coronavírus. Estão em análise 2.573 exames.

Dos casos confirmados, 52,93% foram do sexo feminino, 45,37% foram do masculino e 1,7% sem informação. A faixa etária mais acometida foi a de 30 a 39 anos, representando 27,51% do total. 

O boletim epidemiológico registra ainda 43.706 casos descartados e 140.239 notificações em toda a Bahia. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta sexta-feira (5).

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/historia-e-solidariedade-marcam-a-primeira-live-do-bloco-ile-aiye/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/moda-comunica-mais-que-tendencias/
Representatividade  é o tema desse editorial fotografado e protagonizado por jovens negros
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/e-sofrencia-musicas-de-arrocha-foram-as-mais-ouvidas-pelos-baianos-na-quarentena/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bisneta-de-mae-senhora-inspira-baiana-azul-de-amaralina-conheca-cida-de-nana/
Bel Borba a contratou como modelo para monumento às baianas sem saber de ascendência, que inclui Mestre Didi e uma das fundadoras da 1ª casa de candomblé
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/devo-ou-nao-devo-usar-mascara-na-atividade-fisica-eis-a-polemica-precos-chegam-a-r-120/
Tire suas dúvidas e confira 10 máscaras esportivas disponíveis no mercado
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bau-do-marrom-o-dia-que-daniela-mercury-superou-britney-spears-em-portugal/
Durante a apresentação de Daniela Mercury no Rock in Rio Lisboa em 2004 falei até na TV portuguesa sobre Daniela
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/em-quarentena-anitta-lanca-clipe-para-tocame-com-gui-araujo-assista/
Vídeo traz fãs dançando em casa; é a primeira vez que funkeira contracena com namorado
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/secretario-do-ministerio-da-saude-destrata-garcom-em-transmissao-ao-vivo-sai-dai/
Élcio Franco falava em medidas de segurança para reabertura da economia quando se incomodou com presença de servidor
Ler Mais