Bahia inicia busca pelo penta do Nordestão diante do Campinense

e.c. bahia
29.01.2022, 05:00:00
Raí e Rezende são titulares do Bahia (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Bahia inicia busca pelo penta do Nordestão diante do Campinense

Tricolor estreia na Copa do Nordeste neste sábado (29), no estádio Amigão

A Copa do Nordeste vai começar para o Bahia neste sábado (29), quando enfrenta o Campinense às 16h, no estádio Amigão, em Campina Grande, na Paraíba. A partida é válida pela segunda rodada, mas é a primeira do time baiano.

O tricolor inicia a caminhada na competição defendendo o posto de atual campeão. Além disso, tenta alcançar um feito inédito. Se conquistar o bicampeonato, vai se isolar como maior vencedor do torneio, com cinco taças. Atualmente o Esquadrão está empatado com o Vitória com quatro conquistas. O Sport tem três.

Diante da responsabilidade de manter a ‘Orelhuda’ no CT Evaristo de Macedo, os jogadores miram o triunfo para largar bem na disputa. O Bahia está no grupo B do Nordestão, que é liderado por CRB e Sousa, com três pontos cada. Altos e Náutico também já jogaram e aparecem com um ponto. O grupo conta também com Botafogo-PB, Floresta e Ceará, que assim como o Esquadrão vão estrear neste final de semana. 

“Vamos ter uma sequência de jogos importantes nas próximas semanas, e é fundamental estar preparado. É o momento de virar a chave e focar na Copa do Nordeste. Esperamos realizar outra boa atuação, agora contra o Campinense”, disse o lateral direito Jonathan, que foi titular na vitória de 1x0 sobre o Doce Mel, pelo Campeonato Baiano.

O técnico Guto Ferreira ganhou reforços para o confronto fora de casa. O meia argentino Lucas Mugni e o atacante colombiano Hugo Rodallega embarcaram com a delegação para Campina Grande e estão à disposição do treinador. Eles ficaram de fora do confronto com o Doce Mel, mas a tendência agora é que iniciem como titulares. Na última atividade antes da partida, Rodallega treinou na vaga do garoto Marcelo Ryan, enquanto Mugni levou a melhor na disputa com Daniel. 

“O professor Guto passou as informações sobre o time deles, as principais armadilhas, e temos que entrar focados. Vamos encontrar uma equipe muito competitiva e o nosso grau de concentração precisar estar elevado para aproveitar as chances que aparecerem para matar o jogo”, analisou o atacante Marco Antônio. 

Por sinal, se o Bahia tem como objetivo se isolar como maior vencedor do Nordestão, Guto Ferreira tem a mesma possibilidade no horizonte. Ele inicia a competição como o técnico que mais vezes ganhou a Copa do Nordeste, com duas taças (Bahia em 2017 e Ceará em 2019), assim como Arturzinho, bicampeão com Vitória (1997) e América-RN (1998). No ano passado, a chance do tri escapou para Guto, já que comandando o Ceará, ele foi derrotado justamente pelo Bahia na final. 

Campinense
O Campinense mira a vitória depois de ficar no empate sem gols com o Náutico, fora de casa, na primeira rodada. Apesar de o time paraibano nunca ter vencido o Bahia pela Copa do Nordeste, o técnico Ranielle Ribeiro diz que vai usar da imposição para levar a melhor.
 
“Teremos que respeitar o Bahia como respeitamos o Náutico, mas, quando estivermos com a bola, precisaremos ser o Campinense que sempre fomos. Um Campinense mais incisivo, mais agudo e, principalmente, sem sentir tanto o peso da estreia”, pontuou.
 

Confira as prováveis escalações: 

Campinense: Mauro Igatu, Felipinho, Vinícius Santana, Cleiton Potiguar e Felipe Ramon; Rafinha Silva, Serginho Paulista e Dione; Matheus Régis, Olávio e Juninho Potiguar. Técnico: Ranielle Ribeiro. 

Bahia: Danilo Fernandes, Jonathan, Gustavo Henrique, Luiz Otávio e Djalma; Patrick, Rezende e Lucas Mugni; Raí, Rodallega e Marco Antônio. Técnico: Guto Ferreira. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas