Bahia: mulher é condenada a pagar R$ 50 mil por esconder que filha era de outro homem

bahia
30.05.2014, 20:13:00

Bahia: mulher é condenada a pagar R$ 50 mil por esconder que filha era de outro homem

Com atualizações, valor a ser pago já ultrapassa os R$ 100 mil, diz advogado. Caso foi em São Gonçalo dos Campos

A Justiça de São Gonçalo dos Campos, no interior baiano, recusou esta semana o último recurso de uma mulher que foi condenada no final de 2013 a pagar R$ 50 mil de indenização por danos morais por ter escondido do marido, por mais de 20 anos, que a filha que ele registrou era na verdade de outro homem.

O casal já estava separado quando o marido, um pecuarista aposentado da cidade, começou a desconfiar que a moça, que tem cerca de 27 anos, não era sua filha, por conta de comentários maliciosos que ouvia de outros moradores. A defesa do ex-marido alegou que ele estava sendo humilhado com as chacotas de que era alvo por conta da traição da ex-mulher.

De acordo com o advogado Luís Sérgio Oliveira da Fonseca, o processo corre desde 2009, quando seu cliente procurou uma negativa de paternidade em relação à filha da ex-mulher, e acumulou com processo de danos morais.  Um exame de DNA comprovou que de fato a moça não era filha do pecuarista.

"Isso foi muito bem fundamento na sentença. Uma coisa é uma traição de uma mulher na cidade grande, numa capital. Mas em uma cidade do interior a repercussão é muito grande. Isso abalou muito ele e eu consegui provar. Deprimiu. Isso deprime", explica o advogado. Além de descobrir não ser o pai biológico da moça, o pecuarista ainda se indignou ao saber que a ex-mulher teria recebido compensação financeira pela viúva do pai biológico da jovem, um empresário da região. "O comportamento dela falhou duas vezes. Primeiro foi a traição. E teve o fato que ela demonstrou interesse econômico, financeiro".

Com o resultado do DNA, o ex-marido buscou a Justiça também pare retirar seu nome da certidão de nascimento da moça que achava ser sua filha. "Ele nãos e sentia mais à vontade de constar como pai. Sendo que mesmo antes disso tudo eles não tinham uma boa relação, ela não era boa filha", diz o defensor.

O valor determinado pela Justiça, de R$ 50 mil, já ultrapassou os R$ 100 mil com as correções, segundo o advogado. A ex-mulher é proprietária de imóveis na região. "Já consegui bloquear um (imóvel) para poder honrar a sentença. Eu acredito que na próxima semana já vai ser penhorado", explica.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/harmonia-recebe-ludmilla-e-ferrugem-em-gravacao-de-dvd-no-wetn-wild/
Gravação acontece na estreia d'A Melhor Segunda Feira do Mundo, no dia 6 de janeiro
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/rapper-juice-wrld-morre-aos-21-anos-nos-estados-unidos/
Ele sofreu convulsão no aeroporto; artistas lamentam
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/fotografa-faz-ensaios-para-negros-a-preco-acessivel-no-reconcavo/
Ellen Katarine também é trancista, dreadmaker e estudante de História na UFRB
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/thiaguinho-chora-ao-cantar-musica-que-escreveu-para-fernanda-souza-veja/
Cantor começou a se emocionar durante a canção 'Deixa Tudo Como Está'
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/dancarino-morre-e-outras-duas-pessoas-ficam-feridas-em-ataque-de-faccao/
Três homens e uma mulher em um carro atiraram contra moradores em São João do Cabrito
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/jovem-se-finge-de-gato-e-mia-embaixo-da-cama-para-nao-ser-achado-por-policiais/
Ele é suspeito de ter participado de um latrocínio em Fortaleza
Ler Mais