Bahia Pesca diz que pescados não foram contaminados com substâncias do petróleo

bahia
22.11.2019, 16:46:00
Atualizado: 22.11.2019, 16:57:32
(Foto: Divulgação/Bahia Pesca)

Bahia Pesca diz que pescados não foram contaminados com substâncias do petróleo

Foram avaliados 150 animais coletados entre as regiões de Conde e Salvador

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Bahia Pesca divulgou, nesta sexta-feira (22), o resultado da análise dos pescados coletados entre as cidades baianas de Conde e Salvador, atingidas pela mancha de óleo que assola o Nordeste. A conclusão indica que os animais avaliados não têm níveis de hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPAs) — que são compostos cancerígenos — acima dos adotados como seguros pela Agência de Proteção Ambiental dos EUA (USEPA) e que, portanto, não estão contaminados. 

Foram analisadas 23 amostras obtidas de aproximadamente 150 animais, a exemplo de ostras, caranguejos, siris e pescados coletados em Conde, Jandaíra, Entre Rios, Salvador e Camaçari. As coletas aconteceram entre 23 de outubro e 1º de novembro. O estudo foi feito pelo Laboratório de Estudos do Petróleo (Lepetro), da Universidade Federal da Bahia (Ufba).

Os resultados das análises dos pescados coletados no litoral sul devem ser divulgados no dia 20 de dezembro.

Conforme o órgão, os resultados já foram enviados para as agências de vigilância sanitária, que têm competência para se manifestar sobre segurança do consumo.

“Os resultados trazem um alívio aos mais de 40 mil pescadores que tiveram seus trabalhos afetados pela mancha de óleo. O grande receio de pescadores e consumidores era justamente essa possível contaminação, que, agora, está descartada nos animais que já analisamos”, explica o presidente da Bahia Pesca, Marcelo Oliveira.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas