Bahia receberá 613 mil doses de vacina contra covid a partir desta terça-feira

coronavírus
26.07.2021, 05:43:08
Atualizado: 26.07.2021, 10:19:36
( Jefferson Peixoto/Secom)

Bahia receberá 613 mil doses de vacina contra covid a partir desta terça-feira

A informação foi divulgada pelo secretário estadual da Saúde (Sesab), Fábio Vilas-Boas

A Bahia vai receber mais de 600 mil doses de vacinas contra a covid-19 a partir desta terça-feira (27). A informação foi divulgada pelo secretário estadual da Saúde (Sesab), Fábio Vilas-Boas.

Ao todo, serão 613 mil doses, sendo 143.910 doses da Pfizer, 255.300 do Butantan/Coronavac e 213.850 da Astrazeneca/Oxford. Os lotes serão entregues até quarta (28). As vacinas serão destinadas para primeira e segunda doses. 

A primeira remessa, com 255.300 doses da Coronavac e 63.600 da Oxford/AstraZeneca, chegará ao aeroporto de Salvador em um voo com pouso marcado para às 7h20 de terça. A segunda carga, com 150.250 imunizantes da Oxford/AstraZeneca, chegará em um voo com aterrissagem programada para 19h15, também de terça-feira. A terceira remessa, com 143.910 doses da Pfizer/BioNTech será trazida em um voo previsto para às 15h de quarta-feira (28). São doses para primeira e segunda aplicação.

As vacinas devem começar a ser distribuídas ainda na terça-feira por via terrestre e também em aeronaves do Grupamento Aéreo da Polícia Militar e da Casa Militar do Governador, após conferência da equipe da Coordenação de Imunização do Estado. Elas serão remetidas, exclusivamente, aos municípios que aplicaram 85% ou mais das doses anteriores. Esta foi uma decisão da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), que é uma instância deliberativa da saúde e reúne representantes dos 417 municípios e o Estado.

Com estas novas remessas, a Bahia chegará ao total de 10.835.440 doses de vacinas recebidas, sendo 3.809.700 da Coronavac, 5.586.900 da Oxford/AstraZeneca, 1.184.040 da Pfizer e 254.800 da Janssen.

Os últimos lotes que o estado recebeu foram no início da semana passada, totalizando 607 mil doses. Em Salvador, a vacinação para primeira dose foi suspensa na última sexta-feira (23), devido à falta de imunizantes. A capital parou na imunização de pessoas acima dos 34 anos.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas