Bahia registra 3.675 casos novos de covid-19 e supera marca de 90 mil infectados

coronavírus
07.07.2020, 18:02:00
Atualizado: 07.07.2020, 18:46:55

Bahia registra 3.675 casos novos de covid-19 e supera marca de 90 mil infectados

Estado acumula 2.216 óbitos em decorrência do novo coronavírus

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Bahia ultrapassou a marca de 90 mil infectados com o novo coronavírus. Nesta terça-feira (7), a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) confirmou mais 3.675 casos de covid-19 nas últimas 24 horas, elevando o total para 91.954 contaminados. Também foram notificadas mais 48 mortes e, com isso, a quantidade de óbitos no estado está em 2.216. Os dados ainda apontam que 10.222 profissionais da saúde testaram positivo para a doença.

Entre os mais de 90 mil diagnósticos, 63.207 pessoas já estão recuperadas do novo coronavírus, o que representa 68,7% dos casos. Destes, 3.428 (5,7%) foram considerados curados nas últimas 24h. Outros 26.531 pacientes (28,9%) ainda apresentam sintomas. Os 2,4% restantes referem-se às 2.216 fatalidades.

As confirmações de contaminação ocorreram em 394 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (44,25%). As cidades com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Gandu (2.293,00), Itajuípe (2.152,16), Ipiaú (1.796,26), Uruçuca (1.520,54) e Itabuna (1.496,56).

Com relação aos leitos do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para pessoas com o coronavírus na Bahia, 1.486 dos 2.312 disponíveis estão ocupados (64%). Já entre os 887 leitos de UTI adulto destinados apenas para infectados com a covid-19, 717 possuem pacientes internados (81%).

Para que a primeira fase da retomada das atividades econômicas seja ativada, esse número referente às UTIs deve cair para 75% e permanecer assim por cinco dias seguidos, segundo o planejamento divulgado pelo governador Rui Costa (PT) e pelo prefeito ACM Neto (DEM) nesta terça-feira (7).

Segundo a Sesab, "o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda".

Em relação às 48 mortes, 30 ocorreram em Salvador (62,5%). As outras 18 fatalidades aconteceram nos municípios de Feira de Santana (5), Lauro de Freitas (4), Juazeiro (3), Itabuna (2), Teixeira de Freitas (2), Eunápolis (1) e Alagoinhas (1). 

  • 2169º óbito – mulher, 69 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, foi internada dia 26/06 e foi a óbito dia 29/06, em unidade da rede privada, em Salvador;
  • 2170º óbito – homem, 60 anos, residente em Feira de Santana, portador de hipertensão arterial e obesidade, foi internado dia 22/06 e foi a óbito na mesma data (22/06), em unidade da rede pública, em Feira de Santana;
  • 2171º óbito – mulher, 76 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, foi internada dia 23/05 e foi a óbito dia 01/06, em unidade da rede pública, em Salvador;
  • 2172º óbito – mulher, 72 anos, residente em Salvador, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 27/06, em unidade da rede privada;
  • 2173º óbito – homem, 61 anos, residente em Salvador, portador de imunodeficiências, foi internado dia 08/06 e foi a óbito dia 29/06, em unidade da rede privada, em Salvador;
  • 2174º óbito – mulher, 52 anos, residente em Camaçari, sem comorbidades, foi internada dia 31/05 e foi a óbito na mesma data (31/05), em unidade da rede privada, em Salvador;
  • 2175º óbito – homem, 83 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 04/06 e foi a óbito dia 12/06, em unidade da rede privada, em Salvador;
  • 2176º óbito – mulher, 86 anos, residente em Salvador, portadora de doenças endócrinas e nutricionais, foi internada dia 13/06 e foi a óbito dia 04/07, em unidade da rede privada, em Salvador;
  • 2177º óbito – mulher, 69 anos, residente em Salvador, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 29/06, em unidade da rede pública, em Salvador;
  • 2178º óbito – homem, 74 anos, residente em Salvador, portador de doença respiratória crônica, diabetes, doença cardiovascular e obesidade, foi internado dia 18/06 e foi a óbito dia 27/06, em unidade da rede privada, em Salvador;
  • 2179º óbito – homem, 38 anos, residente em Feira de Santana, sem comorbidades, foi internado dia 17/06 e foi a óbito dia 06/07, em unidade da rede pública, em Feira de Santana;
  • 2180º óbito – homem, 93 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, foi internado dia 02/06 e foi a óbito dia 8/06, em unidade da rede privada, em Salvador;
  • 2181º óbito – mulher, 81 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, data de admissão não informada, foi a óbito dia 05/07, em unidade da rede privada, em Salvador;
  • 2182º óbito – mulher, 97 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, diabetes, doenças endócrinas e nutricionais, foi internada dia 02/06 e foi a óbito dia 06/06, em unidade da rede privada, em Lauro de Freitas;
  • 2183º óbito – homem, 69 anos, residente em Salvador, sem comorbidades, foi internado dia 04/06 e foi a óbito dia 14/06, em unidade da rede privada, em Salvador;
  • 2184º óbito – homem, 54anos, residente em Eunápolis, portador de hipertensão arterial, foi internado dia 11/06 e foi a óbito dia 12/06, em unidade da rede pública, em Eunápolis;
  • 2185º óbito – homem, 67 anos, residente em Lauro de Freitas, portador de doença cardiovascular, foi internado dia 29/06 e foi a óbito dia 03/07, em unidade da rede pública, em Lauro de Freitas;
  • 2186º óbito – mulher, 71 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dia 18/05 e foi a óbito dia 03/07, em unidade da rede privada, em Salvador;
  • 2187º óbito – mulher, 96 anos, residente em Itaparica, portadora de doença cardiovascular, data de admissão não informada, foi a óbito dia 04/07, em unidade da rede pública, em Lauro de Freitas;
  • 2188º óbito – homem, 74 anos, residente em Salvador, portador de diabetes e neoplasias, foi internado dia 23/06 e foi a óbito dia 02/07, em unidade da rede filantrópica, em Salvador;
  • 2189º óbito – mulher, 57 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e obesidade, foi internada dia 08/06 e foi a óbito dia 18/06, em unidade da rede pública, em Salvador;
  • 2190º óbito – mulher, 43 anos, residente em Salvador, portadora de doença respiratória infecciosa e obesidade, foi internada dia 08/06 e foi a óbito dia 25/06, em unidade da rede privada, em Salvador;
  • 2191º óbito – homem, 80 anos, residente em Salvador, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 25/06, em unidade da rede privada, em Salvador;
  • 2192º óbito – homem, 77 anos, residente em Salvador, portador de doenças do sistema nervoso, foi internado dia 06/06 e foi a óbito dia 08/06, em unidade da rede privada, em Salvador;
  • 2193º óbito – homem, 86 anos, residente em Salvador, portador de doença cardiovascular, foi internado dia 08/06 e foi a óbito dia 14/06, em unidade da rede privada, em Salvador;
  • 2194º óbito – mulher, 58 anos, residente em Salvador, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 16/06, em unidade da rede privada, em Salvador;
  • 2195º óbito – mulher, 85 anos, residente em Lauro de Freitas, portadora de hipertensão arterial e doença cardiovascular, foi internada dia 07/06 e foi a óbito dia 12/06, em unidade da privada, em Salvador;
  • 2196º óbito – mulher, 92 anos, residente em Cairú, portadora de hipertensão arterial, foi internada dia 03/06 e foi a óbito dia 02/07, em unidade da rede privada, em Lauro de Freitas;
  • 2197º óbito – homem, 74 anos, residente em Itabuna, portador de doenças do sistema nervoso, foi internado dia 09/06 e foi a óbito dia 26/06, em unidade da rede pública, em Itabuna;
  • 2198º óbito – mulher, 67 anos, residente em Crisópolis, sem comorbidades, foi internada dia 27/06 e foi a óbito dia 28/06, em unidade da rede pública, em Alagoinhas;
  • 2199º óbito – homem, 86 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 11/06 e foi a óbito dia 13/06, em unidade da rede privada, em Salvador;
  • 2200º óbito – mulher, 91 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e doença real crônica, foi internada dia 11/06 e foi a óbito dia 22/06, em unidade da rede privada, em Salvador;
  • 2201º óbito – mulher, 71 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, foi internada dia 15/06 e foi a óbito dia 05/07, em unidade da rede privada, em Salvador;
  • 2202º óbito – homem, 74 anos, residente em Salvador, portador de diabetes, doença cardiovascular e doença respiratória crônica, data de admissão não informada, foi a óbito dia 05/07, em unidade da rede privada, em Salvador;
  • 2203º óbito – mulher, 89 anos, residente em Itabuna, sem informação de comorbidades, foi internada dia 20/06 e foi a óbito dia 03/07, em unidade da rede pública, em Itabuna;
  • 2204º óbito – mulher, 35 anos, residente em Salvador, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 19/06, em unidade da rede privada, em Salvador;
  • 2205º óbito – mulher, 51 anos, residente em Salvador, portadora de doença cardiovascular, foi internada dia 23/06 e foi a óbito dia 24/06, em unidade da rede privada, em Salvador;
  • 2206º óbito – mulher, 47 anos, residente em Feira de Santana, sem informação de comorbidades, foi internada dia 09/06 e foi a óbito dia 30/06, em unidade da rede privada, em Feira de Santana;
  • 2207º óbito – homem, 80 anos, residente em Alagoinhas, portador de diabetes, doença cardiovascular e doença respiratória crônica, foi internado dia 23/06 e foi a óbito dia 02/07, em unidade da rede privada, em Salvador;
  • 2208º óbito – homem, 67 anos, residente em Feira de Santana, portador de hipertensão arterial, data de admissão não informada, foi a óbito dia 05/07, em unidade da rede pública, em Feira de Santana;
  • 2209º óbito – mulher, 69 anos, residente em Feira de Santana, portadora de hipertensão arterial e neoplasias, foi internada dia 30/06 e foi a óbito dia 01/07, em unidade da rede privada, em Feira de Santana;
  • 2210º óbito – homem, 86 anos, residente em Salvador, sem informação de comorbidades, foi internado dia 06/06 e foi a óbito dia 13/06, em unidade da rede privada, em Salvador;
  • 2211º óbito – homem, 90 anos, residente em Teixeira de Freitas, sem informação de comorbidades, foi internado dia 28/06 e foi a óbito dia 29/06, em unidade da rede pública, em Teixeira de Freitas;
  • 2212º óbito – homem, 81 anos, residente em Teixeira de Freitas, portador de hipertensão arterial, foi internado dia 23/06 e foi a óbito dia 02/07, em unidade da rede pública, em Teixeira de Freitas;
  • 2213º óbito – homem, 67 anos, residente em Juazeiro, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 11/06 e foi a óbito dia 29/06, em unidade da rede pública, em Juazeiro;
  • 2214º óbito – homem, 56 anos, residente em Petrolina (Pernambuco), sem informação de comorbidades, foi internado dia 24/06 e foi a óbito dia 25/06, em unidade da rede pública, em Juazeiro;
  • 2215º óbito – mulher, 61 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes e obesidade, foi internada dia 12/06e foi a óbito dia 27/06, em unidade da rede privada, em Salvador;
  • 2216º óbito – homem, 86 anos, residente em Juazeiro, sem informação de comorbidades, foi internado dia 26/06 e foi a óbito dia 01/07, em unidade da rede pública, em Juazeiro.

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 186.383 casos descartados e 90.571 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17h desta terça-feira (7).

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas