Bahia venceu apenas um dos últimos seis jogos que disputou

e.c. bahia
22.02.2022, 05:00:00
Desempenho do Bahia tem preocupado os tricolores no início da temporada (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Bahia venceu apenas um dos últimos seis jogos que disputou

Campanha ruim ameaça classificação na Copa do Nordeste e Baianão

A temporada definitivamente não começou de forma positiva para o Bahia. Com o revés diante do Fortaleza por 3x1, pela Copa do Nordeste, o time amargou a terceira derrota em dez jogos no ano, o que somado a quatro empates dá o tom da situação. Foram só três vitórias, e o aproveitamento é de 43,3%.

Além disso, o histórico recente não é de recuperação, pelo contrário. Nos últimos seis jogos, o Esquadrão venceu apenas uma vez. No recorte citado, a goleada sobre o Globo, por 5x0, na Fonte Nova, é a exceção. Ademais, ficou nos empates com Vitória e CSA, ambos por 1x1 por Baianão e Nordestão, respectivamente, e foi derrotado por Atlético de Alagoinhas (2x1) e Fortaleza (3x1) no regional e Barcelona de Ilhéus (1x0) no estadual.

De modo geral, o Bahia acumula frustração por Copa do Nordeste e Campeonato Baiano até então. E o saldo do momento ruim começa a aparecer na tabela de classificação. No Campeonato Baiano, o tricolor está na sexta colocação, com seis pontos, embora ainda dependa só de si para terminar entre os quatro primeiros e avançar às semifinais. Para se ter ideia, o Jacuipense, que tem um jogo a mais, lidera com o triplo de pontos: 18.

O Bahia ainda tem mais quatro jogos na primeira fase do estadual para evitar uma trágica eliminação precoce. O time venceu só uma das cinco partidas disputadas até então na competição. No ano passado, vale lembrar que o tricolor foi eliminado nas semifinais pelo Bahia de Feira. Na época, usava o time de transição, que este ano durou somente duas rodadas.

Na Copa do Nordeste a situação é um pouco melhor, mas o alerta está ligado. Com duas vitórias em cinco partidas - tem um jogo a menos no torneio -, o time soma sete pontos e ocupa a quarta colocação do grupo B. A vaga no G4 é sustentada pelo saldo de gols, já que Altos, Floresta e Sousa somam os mesmos sete pontos e aparecem logo na sequência. E o lanterna Botafogo-PB, com cinco pontos, tem um jogo a menos.

Os tropeços no regional fizeram o Bahia se distanciar do líder Ceará, com 12 pontos (e uma partida a mais). O CRB, segundo colocado com 11, também já não pode ser alcançado em uma rodada. Os dois primeiros de cada grupo têm a vantagem de jogar em casa o confronto das quartas de final, que é decidido em jogo único.

O Esquadrão vai ter uma nova chance de dar a volta por cima na quinta-feira (24), quando receberá o Sampaio Corrêa, às 21h30, na Fonte Nova, em jogo atrasado da 1ª rodada. Se vencer, ultrapassa o Náutico - que tem oito pontos - e assume a terceira colocação do grupo B. Se perder, pode cair até duas posições, para Altos e Botafogo-PB. O empate serve para passar o Náutico, mas mantém o risco de ser ultrapassado pelo Altos e pelo Botafogo-PB quando os jogos atrasados forem realizados.

“Mais do que nunca temos que ter paciência. O projeto não passa só por contratar e dar certo. Existe trabalho no meio, envolvimento financeiro para chegar jogadores que vão engrossar o caldo desse grupo, que é um bom grupo. Mais do que nunca, temos que seguir acreditando e trabalhando”, pontuou o técnico Guto Ferreira.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas