Baiana evangélica viaja para Roma para canonização de Irmã Dulce: 'gratidão'

mundo
12.10.2019, 10:06:00
Atualizado: 13.10.2019, 16:40:24
(Maria é evangélica, mas viajou para a canonização de Irmã Dulce (Foto: Jorge Gauthier/CORREIO))

Baiana evangélica viaja para Roma para canonização de Irmã Dulce: 'gratidão'

Moradora de Brotas, administradora destaca que o amor de Dulce é maior do que qualquer religião

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A administradora Maria de Oliveira, 29 anos, saiu do bairro de Brotas, em Salvador, para o Vaticano para ver de perto a canonização de Irmã Dulce, neste domingo (13). Evangélica desde pequena, ela destaca que sua participação no evento católico, de tornar santa uma pessoa, tem como pano de fundo a gratidão. 

"Quando minha mãe ficou doente, ela rodou vários hospitais mas só no Hospital Santo Antônio, das Obras de Irmã Dulce que ela recebeu o acolhimento de verdade. Minha mãe já morreu, mas tenho essa gratidão eterna por Irmã Dulce", destaca Maria. 

A administradora ressalta ainda que recebeu críticas por ser evangélica e ter vindo para o ato católico. "Irmã Dulce está acima de qualquer religião", resume. 

Leia o especial Pelos Olhos de Dulce

Além de Irmã Dulce, a lista de canonizados na celebração incluiu os beatos John Henry Newman, cardeal, fundador do Oratório de São Filipe Néri na Inglaterra; Giuseppina Vannini (no século Giuditta Adelaide Agata), fundadora das Filhas de São Camilo; Maria Teresa Chiramel Mankidiyan, fundadora da Congregação das Irmãs da Sagrada Família e Margherita Bays, Virgem, da Ordem Terceira de São Francisco de Assis.

* Jorge Gauthier é chefe de reportagem do CORREIO e está em Roma para fazer a cobertura da canonização de Irmã Dulce

*O projeto Pelos Olhos de Dulce tem o oferecimento do Jornal CORREIO e patrocínio do Hapvida.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas