Baiana fala em choque ao ver fogo na catedral de Notre Dame: 'Cidade parou'

mundo
15.04.2019, 19:56:00
Atualizado: 15.04.2019, 19:59:46
(Foto: Marcella Villar/Foto do Leitor)

Baiana fala em choque ao ver fogo na catedral de Notre Dame: 'Cidade parou'

Segundo o Corpo de Bombeiros, o fogo pode estar relacionado com as obras de renovação

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A estudante baiana Marcela Villar, 21 anos, que está em Paris, pedalava pelas ruas da cidade por volta das 19h (horário local) quando viu uma fumaça se espalhar pelo céu. Ela mudou a direção do seu passeio e foi, como muitos parisienses e turistas, até a catendral Nortre Dame, que pegou fogo nesta segunda-feira (15).

"Já no caminho, pude ver as chamas tomando conta da torre principal da igreja, que caiu em torno das 19h30. A cidade parou. Silêncio. Todo mundo olhava sem entender. Os pedestres impediam os carros de passarem, ciclistas largaram bicicletas no meio das ruas e famílias se ligavam por telefone para saber se estava tudo bem. A polícia fechou o perímetro, não deixou nem mesmo os moradores da região voltarem para suas casas", conta ela ao CORREIO.

Por volta das 23h do horário local, o fogo já estava controlado, mas algumas chamas ainda são combatidas. Os franceses se uniram para cantar às margens do Rio Sena, em homenagem aos 400 bombeiros que trabalham para acabar com o incêndio.

Durante seus oito séculos de história, a Catedral foi palco da obra Corcunda de Notre Dame de Victor Hugo, da coroação de Napoleão Bonaparte e é o monumento mais visitado de toda a Europa. Não houve vítima ou ferido, mas, como disse o presidente Macron, uma parte dos franceses queimou hoje junto com as chamas.

Fogo
Segundo o Corpo de Bombeiros, o fogo pode estar relacionado com as obras de renovação que estavam sendo feitos no edifício, que data de 1163. A polícia de Paris, no entanto, diz que é cedo para identificar as causas do incêndio e não há registro de vítimas.

"Agora começamos uma missão de tentar salvar as preciosas obras de arte e estamos dando prioridade de ampliar a segurança nas imediações para proteger os turistas e os vizinhos dos riscos de desmoronamento", acrescentou o vice-prefeito a um canal de TV. "Não vai sobrar nada da estrutura (do teto), que data do século 19 de um lado e do 13 de outro", disse o porta-voz da catedral, André Finot. 

A catedral passa por um processo de restauração em sua torre estimado em US$ 6,8 milhões (R$ 26,8 milhões). Seria feita uma renovação na "agulha" de 250 toneladas de chumbo que ficava no topo da principal torre. O fogo teria começado no sótão, na base da torre, de onde podem ser vistas saindo chamas e fumaça preta. Imagens de TV mostram que as chamas se projetatam muito acima da construção. 

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pediu que as autoridades francesas "ajam com rapidez" para conter o incêndio na Catedral de Notre-Dame. "Que horrível assistir ao amplo incêndio na Catedral de Notre-Dame, em Paris. Talvez aviões com tanques de água podem ser usados para apagar o fogo. Deve-se agir rapidamente", escreveu o republicano no Twitter.

A chanceler alemã, Angela Merkel, disse que a Notre-Dame é um "símbolo da França" e de "nossa cultura europeia". "Essas imagens horríveis doem. Nossos pensamentos estão com os amigos franceses", disse no Twitter o porta-voz da chanceler, Steffen Seibert. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas