Bandidos explodem caixas do Bradesco em Sussuarana

salvador
20.06.2017, 06:18:00
Atualizado: 20.06.2017, 12:29:16

Bandidos explodem caixas do Bradesco em Sussuarana

Foi a segunda agência do banco atacada em 24h na capital baiana; explosão ocorreu a menos de 1 km de sede da SSP

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Bandidos armados e encapuzados atacaram uma agência do banco Bradesco na madrugada desta terça-feira (20) no bairro de Sussuarana, em Salvador. Segundo informações do Centro Integrado de Comunicação, o crime aconteceu por volta de 2h, na Avenida Ulysses Guimarães. A agência fica a menos de um quilômetro da sede da Secretaria da Segurança Pública (SSP).

Ainda de acordo com o registro policial, três suspeitos participaram do crime. Eles usaram explosivos para destruir dois caixas que ficam na área de autoatendimento do banco. Viaturas da 82ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/CAB) estiveram no local, mas os bandidos já tinham fugido.  Segundo os policiais, os indivíduos estavam usando moletom, calça jeans, máscaras no rosto e fugiram em dois veículos.

Apesar de no local a PM informar que nada havia sido roubado da agência, o setor administrativo do banco informou ao CORREIO que as perdas ainda não haviam sido contabilizadas. Dos caixas eletrônicos, dois ficaram completamente destruídos e outros três foram atingidos parcialmente. 

"Quando ouvi o barulho, pensei que fosse a chapa do meu portão caindo. Olhei, vi que não tinha sido aqui e voltei para dormir", comentou uma moradora da região que preferiu não se identificar.

Já o mecânico Arquibaldo Lopes, 60 anos, ouviu até o momento da fuga dos bandidos. "Pelo que eu saiba nunca aconteceu isso aqui, mas foi um barulhão bem grande. Acordei assustado. Não vi, mas ouvi também barulho de carro arrastando cerca de 15 minutos depois da explosão", lembra.

O caso será investigado pelo Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), da Polícia Civil. Segundo o Sindicato dos Bancários da Bahia, esse é o 36º ataque a banco na Bahia desde o início do ano.

Caso recente
Nesta segunda-feira (19), na mesma faixa de horário, pelo menos 10 homens atacaram com explosivos a agência do mesmo banco no bairro da Liberdade. A ação aconteceu na Rua Lima e Silva. Lá, homens também encapuzados explodiram um caixa de autoatendimento. Policiais militares, que estiveram no local, afirmaram que aparentemente nada havia sido levado da agência, que ficou parcialmente destruída. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas