BMW apresenta scooter que pode rodar até 130 km com uma única carga

mundo
03.12.2021, 07:00:00
A CE 04, primeira scooter elétrica da BMW, foi apresentada pela primeira vez nas Américas (Foto: Antônio Meira Jr./ CORREIO)

BMW apresenta scooter que pode rodar até 130 km com uma única carga

Com motor de 42 cv, scooter elétrica atinge 120 km/h e pode ser recarregada em menos de duas horas

Em Los Angeles, entre Hollywood e Beverly Hills, o BMW Group criou um o espaço especial em um shopping aberto, o Space, no The Grove - que tem estilo do extinto AeroClube Plaza Show - para exibir algumas novidades das suas marcas. E, na Califórnia, estado mais eletrificado dos Estados Unidos, o destaque foi uma motocicleta elétrica.

No estilo scooter, a CE 04 tem um design bem arrojado. É um veículo com uma proposta de mobilidade urbana, com autonomia para até 130 quilômetros com uma única carga. Nas próximas semanas, a scooter ficará sedo exibida entre obras de arte e basta escanear um QR code na parede para acompanhar seus detalhes.

A depender da configuração, o modelo será equipado com um pacote eletrônico de segurança equivalente ao das motos a combustão da marca, com controle automático de estabilidade e controle de tração. Há também quatro modos de condução, que permitem alterar o acerto da CE 04 para otimizar o rendimento ou o desempenho.

O quadro de instrumentos tem uma tela de 10,25 polegadas
O quadro de instrumentos tem uma tela de 10,25 polegadas
A CE 04 tem 2,28 metros de comprimento e pesa 231 kg
A CE 04 tem 2,28 metros de comprimento e pesa 231 kg
Há um prático porta-capacete embutido na scooter
Há um prático porta-capacete embutido na scooter
O carregamento total pode ser feito em até 1h40
O carregamento total pode ser feito em até 1h40

A lista de itens de série inclui ainda uma tela de 10,25 polegadas com navegação por mapa integrado e conectividade com smartphones. Farol e lanterna em LED são itens de série. O farol adaptativo é opcional. 

Com 2,28 metros de comprimento, a scooter pesa 231 kg e alcança os 120 km/h de velocidade máxima graças aos 42 cv de potência e 6,1 kgfm de torque. O motor elétrico é do tipo ímã permanente com refrigeração líquida, montado no quadro. O propulsor fica entre a bateria e a roda traseira.

A aceleração de 0 a 50 km/h, a mais exigida em trânsito urbano, é feita é 2,6 segundos. Haverá ainda uma opção com menos potência (31 cv) e menor autonomia (100 km).

Nos EUA já possível configurar as versões, que partem de 11.795 dólares, o equivalente a R$ 65.721. O cliente pode incluir opcionais, como manetes com aquecimento, sensor de pressão dos pneus e faixas decorativas.

Na prévia para a imprensa, a vice-presidente da BMW Motorrad da América, Trudy Hardy comentou: “acho interessante de ter uma scooter nesta categoria, que vai começar a resolver alguns desafios de transporte”. A declaração da executiva é justificada pela praticidade do veículo, que pode ser recarregado rapidamente. 

Para bateria ser completamente carregada, são necessárias 4 horas e 20 minutos com o cabo de carregamento de nível 1 (2,3 kW) fornecido com o veículo. Com o cabo de carregamento opcional, nível 2 (6,9 kW), o tempo é reduzido para 1 hora e 40 minutos. Com esse equipamento, o tempo de carregamento de 20% a 80% é de apenas 45 minutos. É a mesma lógica de recarga de um smartphone.

UM MINI CONCEITUAL

O Urbanaut tem sinergia com as experiências dos clientes da MINI (Foto: Antônio Meira Jr./ CORREIO)

Apresentado em julho, na Alemanha, o MINI Vision Urbanaut fez sua estreia nos EUA. O lançamento representa a imagem de como o uso inteligente do espaço pode fornecer uma resposta às necessidades das futuras cidades e estilos de vida.

Para isso, o modelo acompanha o chamado “Momentos MINI”, que reúne as experiências que os usuários gostariam de ter a bordo, como uma plataforma digital facilitadora para direção em cidades e estradas, e para aspectos básicos, como som e iluminação.

O interior do modelo conceitual tem similaridade com uma sala de estar (Foto: Antônio Meira Jr./ CORREIO)

Como um conceito de espaço inovador, o veículo foi projetado de dentro para fora. Os designers criaram a experiência interior espaçosa antes de desenvolver o exterior, usando plantas baixas, peças de mobiliário e maquetes de madeira para fornecer uma indicação de tamanho. Todo o interior apresenta uma série de materiais reciclados, sendo estes também renováveis. 
 

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas