Bolsonaro comemora morte de Lázaro Barbosa: 'CPF cancelado'

brasil
28.06.2021, 11:51:27
Atualizado: 28.06.2021, 11:58:24
(Foto: Alan Santos / PR)

Bolsonaro comemora morte de Lázaro Barbosa: 'CPF cancelado'

Expressão é, geralmente, utilizada por milicianos e integrantes de grupos de extermínio

O presidente Jair Bolsonaro foi até o Twitter para comemorar a morte do baiano Lázaro Barbosa, suspeito de diversos crimes, incluindo assassinado e estupro. "Lázaro: CPF cancelado", escreveu Bolsonaro.

CPF cancelado é uma expressão geralmente utilizada por milicianos ou integrantes de grupos de extermínio para se referir a alguém morto.

Veja: Vídeo mostra momento da prisão de Lázaro Barbosa; assista

Essa não é a primeira vez que Bolsonaro faz uso do termo. Em abril deste ano, durante participação em um programa com o apresentador Sikêra Júnior, ele segurou um cartaz mostrando a frase "CPF cancelado". À época, a atitude gerou diversas críticas de oposicionistas.

Após a fala do presidente, o termo "CPF cancelado" entrou para os assuntos mais comentados do Twitter nesta segunda. 

Morto: Lázaro Barbosa é morto após tiroteio na mata, diz polícia

Depois disso, Bolsonaro agradeceu aos policiais de Goiás envolvidos na operação que resultou na morte do maníaco. 

"Parabéns aos heróis da PM-GO por darem fim ao terror praticado pelo marginal Lazaro, que humilhou e assassinou homens e mulheres a sangue frio. O Brasil agradece! Menos um para amedrontar as famílias de bem. Suas vítimas, sim, não tiveram uma segunda chance", escreveu o presidente.

Lázaro Barbosa foi morto por policiais na manhã desta segunda-feira (28). Ele era procurado há 20 dias após matar quatro integrantes de uma mesma família em Ceilândia, no Distrito Federal.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas