Bolsonaro e filhos voltam a criticar medidas de isolamento em meio ao avanço da pandemia

coronavírus
27.02.2021, 14:51:55
Atualizado: 27.02.2021, 15:01:42
(Clauber Cleber Caetano/PR)

Bolsonaro e filhos voltam a criticar medidas de isolamento em meio ao avanço da pandemia

Presidente da República e seus três filhos políticos não pouparam críticas às medidas de lockdown

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A família Bolsonaro voltou a criticar as medidas de isolamento social para enfrentamento da covid-19, em meio ao pior momento da pandemia no País, segundo especialistas, e quando a maioria dos Estados aumentam as restrições para frear o contágio da doença. "O isolamento não adianta de nada e já sabemos o resultado!", escreveu o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), na sua conta oficial do Facebook.

Todas as autoridades sanitárias do mundo recomendam medidas de distanciamento. Os protocolos rigorosos de isolamento, como o lockdown adotado por diversos países europeus, levaram à redução de casos da doença em vários países, a exemplo do Reino Unido.

Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), deputado federal, afirmou, no entanto, que "lockdown só é eficaz para aglomerar". "Ainda não aprenderam com a redução de horário do comércio", escreveu no Twitter.

Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), vereador pelo Rio, também criticou o isolamento social. "Qualquer um que saia de casa, aglomere e não use máscara, sendo do lado de lá, está permitido, inclusive o discurso de acusar o outro daquele que faz com a maior cara lavada do mundo! A diferença é que as aglomerações são prudentes e sofisticadas e não para ouvir o povo!", afirmou no Twitter.

Mais cedo, o presidente Jair Bolsonaro republicou em rede social um trecho de sua visita ao Ceará ontem. "Os que me criticam, façam como eu: venham para o meio do povo. O que mais ouvi no meio deles foi: "EU QUERO TRABALHAR!", escreveu Bolsonaro, acompanhada de trecho de vídeo que mostra aglomeração em torno do presidente com várias pessoas sem máscara.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas