Brasil tem três parques aquáticos mais visitados do mundo

turismo
06.09.2017, 07:00:00
Atualizado: 08.09.2017, 17:35:19
No Brasil, quem lidera a lista é o Thermas dos Laranjais, em Olímpia, interior de São Paulo (Divulgação)
Estúdio Correio -

Brasil tem três parques aquáticos mais visitados do mundo

Thermas dos Laranjais, em São Paulo, Hot Park, em Goiás, e Beach Park, no Ceará, estão no ranking da diversão

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Estudo desenvolvido pela Themed Entertainment Association em parceria com a Aecom, mostrou que o Brasil possui três dos parques aquáticos mais visitados do mundo.

A liderança do ranking fica com o Chimelong Water Park, em Guangzhou (China). O parque aquático recebeu mais de 2,5 milhões de pessoas (+7,9%). Na sequência, figuram Typhoon Lagoon e Blizzard Beach, da Disney, com cerca de 4,3 milhões de ingressos no total. Ambos, porém, registraram perdas de 0,7% e 0,8%, respectivamente, em entradas.

No Brasil, quem lidera a lista é o Thermas dos Laranjais. Localizado em Olímpia, interior de São Paulo, é o quarto parque aquático mais visitado do mundo. O complexo com parque e hotel superou a marca de dois milhões de visitantes, uma alta de 11,2% se comparado a 2016.

Hot Park, em Caldas Novas, é o décimo empreendimento mais visitado do mundo, com um público de 1,381 milhão de visitantes (+7,2%), à frente, por exemplo, do Wet n’ Wild de Orlando (11º).

Por fim, o Beach Park, de Aquiraz (CE), cresceu 7,6% em visitação e ultrapassou um milhão de entradas, mais exatamente 1,044 milhão.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas