Brasil volta ao Conselho de Segurança da ONU após 10 anos

mundo
11.06.2021, 13:40:10
Atualizado: 11.06.2021, 13:43:56
Reunião do Conselho de Segurança da ONU (Eskinder Debebe / ONU)

Brasil volta ao Conselho de Segurança da ONU após 10 anos

País vai ocupar assento pela 11ª vez como membro não permanente

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Brasil foi eleito nesta sexta-feira (11) para uma das vagas rotativas no Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU), em 2022-2023, informou a própria instituição pelo Twitter. Também foram escolhidos nesta sexta para o período Albânia, Gabão, Gana e Emirados Árabes Unidos.

É a 11ª vez que o país fará parte como membro temporário, a primeira desde o biênio 2010-2011. As vagas são definidas por áreas geográficas, a cada dois anos. Dessa vez, o Brasil era o único candidato do grupo que inclui América Latina e Caribe. Desde 2006, o grupo não tem competição pela candidatura, adotando um rodízio planejado antecipadamente dos países.

Há no total 15 integrantes no Conselho de Segurança, com cinco dos temporários eleitos a cada ano, para mandatos de dois anos. Os membros permanentes, com poder de veto, são Estados Unidos, China, Reino Unido, França e Rússia.

Em 2022, estarão também no órgão Quênia, Índia, México, Noruega e Irlanda.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas