Carol Barreto defende tese de doutorado na Ufba sobre relação entre moda e ativismo feminista e antirracista

correio afro
13.05.2022, 13:25:00
(Foto: Karla Brights/reprodução)

Carol Barreto defende tese de doutorado na Ufba sobre relação entre moda e ativismo feminista e antirracista

Criadora do Projeto Modativismo é professora do Departamento de Estudos de Gênero e Feminismo na instituição

Criadora do Projeto Modativismo, professora do Departamento de Estudos de Gênero e Feminismo da UFBA, artista visual e designer de moda autoral com trajetória bem-sucedida, Carol Barreto defenderá sua tese de doutorado na UFBA nesta sexta-feira (13), às 15h.  A apresentaçao do trabalho “Modativismo: Práticas Feministas e Antirracistas em processos criativos decoloniais” terá transmissão ao vivo no canal do Youtube do Programa Multidisciplinar de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade (Pós-Cultura / IHAC - UFBA). “Dedico esse trabalho à todas as mulheres negras, africanas de ambos os lados do Atlântico, que me antecederam e marcaram na minha ancestralidade o percurso dessa trajetória materializada entre luta e poesia”, disse.

Carol Barreto vem, ao longo de sua trajetória, trabalhando com a relação entre moda e ativismo político feminista e antirracista. A criadora tem trabalhos apresentados em passarelas do Senegal, França e Angola, e em galerias de arte nos EUA, México, Canadá, Colômbia e Brasil. Assinou o figurino do filme sobre Lina Bo Bardi e do Musical Brasilis: Circo Turma da Mônica. Sua obra transita entre a moda e a arte pelo mundo. Criadora do “Uniforme que nunca existiu” - homenagem da Centauro para a atleta Aída dos Santos -, é autora do livro documental Coleção Colaborativa Modativismo: uma experiência de ensino aprendizagem em Moda Afrobrasileira (2021). Como estilista, já participou do Afro Fashion Day, projeto do jornal Correio.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas