Cassação do irmão de Geddel volta à pauta quarta: movimento tenta livrar Lucio

satélite
10.06.2018, 05:00:00

Cassação do irmão de Geddel volta à pauta quarta: movimento tenta livrar Lucio

Jairo Costa Júnior, com Luan Santos

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

(Foto: Gustavo Lima/Agência Câmara)

O processo de cassação contra o deputado federal Lucio Vieira Lima (MDB) por quebra de decoro volta à pauta do Conselho de Ética da Câmara na próxima quarta-feira.

Após Lucio ter apresentado sua defesa, o relator do caso, deputado Hiran Gonçalves (PP-RR), vai anunciar o plano de trabalho da matéria. Na prática, Gonçalves dirá quais serão os procedimentos que pretende adotar, entre eles as testemunhas que deve convocar para depoimento.

A expectativa é que ele chame um integrante da Polícia Federal, que investiga o emedebista pelos crimes de lavagem de dinheiro, associação criminosa e peculato.

O pedido de cassação foi feito por PSOL e Rede após o caso das malas com R$ 51 milhões apreendidas pela polícia em um apartamento que seria utilizado pelo ex-ministro Geddel Vieira Lima, irmão de Lucio.

Operação tartaruga
Integrantes do colegiado admitem haver um movimento para empurrar o processo com a barriga. Se for julgado na próxima legislatura, perde validade e, com isso, Lucio sai ileso.

Torneira fechada
Recursos de origem não identificada podem bloquear os repasses do fundo partidário para o Avante na Bahia. Comandada pelo deputado estadual Pastor Sargento Isidório, a legenda teve as contas de 2015 rejeitadas pela Justiça Eleitoral.

A decisão do juiz Rui Carlos Barata Lima Filho aponta ainda divergências nas contas bancárias da sigla e ausência de recibos de pagamentos. O magistrado determinou a devolução de recursos de origem não identificada ao tesouro nacional, mas não informou o valor.

Além de Isidório, o ex-comandante da legenda David Lucas dos Santos Lima também é responsabilizado, assim como Dilma Gramacho e Quissia Gramacho Amorim, que ocupavam cargos na direção da agremiação.

Herança
Récem-empossado no comando do PPL na Bahia, o deputado federal Uldurico Júnior enfrenta o primeiro revés na nova casa. A legenda também poderá ficar sem receber cotas do fundo partidário por não ter prestado as contas das eleições de 2016, segundo decisão do juiz Paulo Roberto Lyrio Pimenta.  Naquele ano, a sigla tinha por presidente Ubiraci Dantas. Antes do PPL, Uldurico comandava o PV no estado.

Expectativa
O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) vai votar, na próxima quinta-feira, a retirada dos trabalhadores terceirizados do cálculo de índice de pessoal. Reivindicada pelos prefeitos, a matéria já tem parecer positivo pelo relator, conselheiro Plínio Carneiro. Os elevados índices de gasto com folha são o principal fator de rejeição de contas municipais. Sem os terceirizados, eles esperam reduzir a taxa de reprovação.

Minha missão aqui é muito clara: contribuir para afastar o fantasma do populismo e da tirania de caudilhos que ainda persistem em nossa região (José Carlos Aleluia, deputado federal, após ser eleito vice-presidente da União dos Partidos Latino-Americanos)

Nova rodada
O presidente estadual do PSC pretende intensificar as conversas em torno da candidatura do deputado federal Irmão Lázaro ao Senado na chapa de Zé Ronaldo (DEM). Após a determinação da direção nacional da sigla para manter o pleito, o objetivo agora é conquistar o apoio dos caciques da oposição.

Pílula - Segurança
Empresas e moradores de Salvador que instalarem câmeras de videomonitoramento em estabelecimentos ou residências poderão ter desconto de até 15% no IPTU. Pelo menos é o que prevê um projeto de lei apresentado pelo vereador Kiki Bispo (PTB). O objetivo, ele diz, é reduzir os índices de violência a partir da prevenção.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas